Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Homenagem a Eduardo marca primeiro guia de Paulo

Programa destacou as realizações e a liderança nacional do ex-governador.
O início da exibição da propaganda eleitoral de rádio e televisão, nessa quarta-feira (20), para postulantes ao Governo do Estado, marcou o começo de uma nova etapa da disputa pelo Palácio do Campo das Princesas. Candidato da Frente Popular, Paulo Câmara (PSB) prestou, no seu primeiro guia, uma bonita homenagem ao ex-governador Eduardo Campos. 
O programa destacou a carreira política de Eduardo, suas realizações para o povo pernambucano e a liderança que exercia nacionalmente. "Eduardo é um líder, que vai seguir nos guiando. Ele nos ensinou a olhar para todos, e é isso que a Frente Popular vai continuar fazendo. Fizemos essa homenagem para mostrar que ele permanecerá vivo", pontuou, emocionado, Paulo. Paulo adiantou que utilizará o espaço para apresentar à população suas ideias, seus projetos, além de sua trajetória como servidor público. “O nosso maior desafio sempre foi nos tornar conhecidos. 
As pesquisas apontavam cerca de 70% de desconhecimento. A televisão e o rádio vão acelerar esse processo. Vamos nos tornar mais presentes”, destacou Paulo Câmara, completando: 
“A campanha ganhou uma nova dimensão. As pessoas começam a se interessar pela disputa eleitoral deste ano”. Por contar com a maior coligação partidária - 21 legendas estão fechadas com o socialista -, Paulo Câmara tem o maior tempo da propaganda, com 10 minutos e 37 segundos. Além do próprio guia eleitoral, o socialista também conta com as inserções de rádio e televisão para discutir com os pernambucanos as bases do novo Pernambuco que avança. 
“A partir do momento em que nos fiquemos cada vez mais reconhecidos, mostramos quem está conosco e o que pensamos, vamos ter condições de construir uma bonita vitória em 5 de outubro”, afirmou Paulo Câmara. Fotos: Rodrigo Lôbo
O início da exibição da propaganda eleitoral de rádio e televisão, nessa quarta-feira (20), para postulantes ao Governo do Estado, marcou o começo de uma nova etapa da disputa pelo Palácio do Campo das Princesas. Candidato da Frente Popular, Paulo Câmara (PSB) prestou, no seu primeiro guia, uma bonita homenagem ao ex-governador Eduardo Campos. 
“A partir do momento em que nos fiquemos cada vez mais reconhecidos, mostramos quem está conosco e o que pensamos, vamos ter condições de construir uma bonita vitória em 5 de outubro”, afirmou Paulo Câmara. 
Fotos: Rodrigo Lôbo

Prefeito de Ipubi confirma pagamento de contrapartida do Garantia Safra

Desde 04 de agosto foi depositada a última parcela relativa à contrapartida de Ipubi no Programa Garantia Safra. O Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA através da coordenadoria estadual confirma que os agricultores do município receberão os seus pagamentos para o próximo mês de setembro.
“Apenas 25 municípios no Estado de Pernambuco receberam este mês de agosto, infelizmente Ipubi não foi incluído por problema no MDA, mais já foi tudo superado. Fizemos a nossa parte que é o pagamento da contrapartida dentro do prazo”, afirma o prefeito João Marcos Siqueira.

Caatinga realiza segundo módulo de formação em educação contextualizada para professores

Professores do Araripe participam do segundo módulo do Projeto de Extensão em Educação Contextualizada para Professores do Campo. 
A formação acontece hoje, 21, e amanhã, 22, na sede rural do Caatinga no Sítio Lagoa do Urubu, em Ouricuri-PE, e reúne cerca de 80 professores de 18 escolas rurais da região e do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia Sertão Pernambucano (IF-Sertão). O primeiro módulo aconteceu em março deste ano, e até dezembro haverá mais um encontro. O objetivo da formação é inserir a educação contextualizada no currículo das escolas.
O evento conta com a presença e do professor Dr. Edmerson Reis, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Ele vai facilitar a discussão em torno do tema: currículo numa perspectiva de contextualização para a convivência com o Semiárido.

Durante a programação os participantes farão visita à propriedade rural do agricultor e professor Francisco Delmondes, mais conhecido como Cidinho, onde vão conhecer o sistema agroflorestal, quintal produtivo e algumas das tecnologias de convivência com o Semiárido, a exemplo do barreiro de lona e da cisterna. Além disso, haverá espaços para debates sobre agroecologia, atividades lúdicas, místicas, socialização de atividades realizadas nas escolas e elaboração de planos de ação. A ação é uma iniciativa do Caatinga em parceria com a ActionAid Brasil e o IF-Sertão, Campus Ouricuri.

Coordenador de campanha de Eduardo chama Marina de grosseira e se nega a apoiá-la

Responsável pela coordenação-geral da campanha presidencial do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), o secretário-geral do PSB, Carlos Siqueira, confirmou ao jornal Folha de S. Paulo que não participará “em hipótese alguma” da campanha da ex-senadora Marina Silva, que substituiu o pernambucano após o acidente aéreo que o vitimou no dia 13. Para Siqueira, Marina foi grosseira e que ela está cortada de suas relações pessoais.
“Pela maneira grosseira como ela me tratou. Eu havia anunciado que minha função estava encerrada com a morte do meu amigo Na reunião, ela foi muito deselegante comigo. Eu disse que não aceitaria aquilo e afirmei: ‘a senhora está cortada das minhas relações pessoais’”, disse Siqueira ao jornal paulista. “Não estou e não estarei em hipótese alguma na campanha desta senhora”, afirmou. “Se ela comete uma deselegância no dia em que está sendo anunciada candidata, imagine no resto”, completou.
Marina não perdeu tempo e indicou ainda nessa quarta-feira (20), o deputado federal Walter Feldman, um aliado, para o posto de Siqueira. A mudança nas coordenações da campanha teria causado desconforto no PSB. A ex-senadora acriana ingressou no PSB em outubro do ano passado, depois de ter o registro do seu partido, a Rede Sustentabilidade, negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na época, o fato de ela assumir a vice na chapa presidencial foi visto como uma possibilidade de turbinar a campanha de Eduardo Campos.
Desde que o ex-governador faleceu na queda do avião de campanha na cidade de Santos, no litoral de São Paulo, Marina virou a única opção viável do partido para disputar o Planalto. Para vice, o PSB indicou o deputado federal Beto Albuquerque, socialista histórico que foi braço direito de Campos.
Marina, porém, já possuía resistências no partido por ter se negado a referendar algumas alianças estaduais da sigla e afastar de Eduardo o apoio do agronegócio. Oficializada candidata, ela se negou a subir em palanques aos quais não apoie.
Foto: Agência Brasil

Armando Monteiro quer militância trabalhando “mais do que nunca” na campanha

Iniciando uma nova fase na campanha com o guia eleitoral na TV, que deve tornar mais conhecido o adversário Paulo Câmara (PSB), o senador Armando Monteiro Neto (PTB) reuniu parte da militância na noite dessa quarta-feira (20) para pedir que eles trabalhem “mais do que nunca” na campanha para ajudar a elegê-lo governador.
“Nessa reta final, nós precisamos trabalhar mais do que nunca. Vamos precisar de cada um para que nós possamos garantir nas urnas o resultado que abre uma perspectiva nova para Pernambuco”, pediu o senador.Desde o início da campanha, Armando tem liderado todas as pesquisas de intenção de voto; até por ser mais conhecido do eleitorado, já que Paulo Câmara nunca disputou eleições.
O socialista, porém, tem mais tempo no guia eleitoral.Além disso, ainda não se sabe qual o efeito que a comoção com a morte do ex-governador Eduardo Campos (PSB) pode ter na campanha eleitoral. Eduardo apoiava Paulo Câmara.Durante o discurso, Armando atribuiu ao conjunto político o fato de estar em primeiro lugar nas pesquisas e lembrou as alianças com a presidente Dilma Rousseff (PT) e com o presidente Lula (PT), que devem render votos.
“Conseguimos chegar aqui graças à força desse conjunto político, que tem compromissos com o projeto nacional. A esse nosso conjunto se somam figuras políticas como o ex-presidente Lula, a presidente Dilma e outros companheiros como João Paulo, o nosso candidato a senador”, disse. 
Foto: Alexandre Albuquerque/PTB

Mutirão nacional de documentação da trabalhadora rural chega aos municípios de Bodocó e Exu

Mulheres agricultoras das cidades de Exu e Bodocó vão poder participar gratuitamente do mutirão do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR). Durante a ação serão oferecidos serviços como emissão de documentos civis e jurídicos.
Em Bodocó, o mutirão vai acontecer nos dias 26 e 27 de agosto, das 9h às 17h, na Associação de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais. Já no dia 28 e 29 de agosto será a vez de Exu, também na  Associação de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais. O programa vai beneficiar também cidades dos estados do Ceará e Paraíba.
Serão realizadas emissões de Carteira de Identidade, 1ª e 2ª vias do registro de nascimento, cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Além de promover a inserção de agricultores no Cadastro Único de programas sociais do Governo Federal.

Após tragédia de Eduardo, deputado do PSB morre vítima de acidente

Dez dias após sofrer um acidente de carro e ficar internado no interior do Espírito Santo, o deputado estadual Glauber Coelho (PSB) morreu na manhã desta quarta-feira (20). Ele é o segundo político vítima de acidente durante a campanha de 2014. Na semana passada, um acidente de avião vitimou o ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República Eduardo Campos (PSB).
Após o acidente de Campos, o iG revelou que já ocorreram quatro acidentes (um de avião e outros três automobilísticos) envolvendo políticos durante a campanha de 2014. Os acidentes ocorreram em São Paulo, Espírito Santo e Maranhão. Foi registrado também um acidente de carro na pré-campanha, com um deputado federal paulista, também em São Paulo.
A morte de Coelho foi confirmada na manhã desta quarta pelo próprio PSB. No domingo dia 10 de agosto, Coelho sofreu um acidente automobilístico na localidade de Pacotuba, zona rural de Cachoeiro de Itapemirim, na qual ele teve compromissos de campanha. Ele estava em seu primeiro mandato e em campanha rumo à reeleição. Desde então, Coelho permaneceu hospitalizado no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim.
Na sexta-feira (15) da semana passada, os médicos detectaram um edema cerebral no deputado. Ele também passou por uma traqueostomia mas não vinha apresentando melhoras significativas. Coelho estava no primeiro mandato como deputado estadual e era o 2º vice-presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Espírito Santo. O parlamentar tinha 40 anos, nasceu em Cachoeiro de Itapemirim, era casado e tinha uma filha de dois anos e três meses. 
Informações do Último Segundo

Top