Blog Rômulo Lima

Um novo grupo politico surge e confirma a pretensão de concorrer a Prefeitura de Bodocó em 2020, durante o encontro intitulado “inova Bodocó” na noite desse sábado (12), o mais novo grupo do município confirmou o nome de Klevinho Xavier como pré-candidato, formando assim a terceira via no cenário politico bodocoense.
Autoridades politicas e apoiadores reunidos no encontro discutiram vários assuntos relacionados ao projeto de Klevinho Xavier, que conta com o apoio do deputado estadual Antonio Fernando, dos vereadores João Vitor, Diassis Monteiro e Lucélio Luna, além de lideres sindicais, pré-candidatos a vereador e diversas representatividades de Bodocó.
Klevinho esteve acompanhado dos irmãos Junior Xavier, Erlanio Xavier, prefeito do município de Igarapé Grande (MA) e presidente da FAMEM, seu pai Arlindo e inúmeros apoiadores de todas as regiões do município. “Nosso grupo vem trazer mudanças e novidades para o povo bodocoense que precisa inovar, povo esse que precisa de uma nova oportunidade, vamos ouvir cada um e construir nosso projeto que hoje está dando o seu primeiro passo, estamos trazendo essa esperança com nosso nome a disposição do povo bodocoense, a fim de que Bodocó possa amanhã estar melhor que hoje, é chegado um novo tempo e daremos juntos um novo rumo. ” disse Klevinho Xavier. 
Por Francisco Monteiro/Fotos André Nascimento

O prefeito de Granito-PE, o senhor João Bosco Lacerda de Alencar (PT) é condenado em primeira instância pela Justiça Federal por improbidade administrativa e pode perder o cargo como também o direito de concorrer à reeleição . 

A Justiça Federal da 27ª vara em Salgueiro/Ouricuri condenou o prefeito de Granito-PE, João Bosco Lacerda, por uma série de irregularidades no que se refere à administração e aplicação de recursos federais provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) praticadas durante o mandato de 2004 a 2008. 
Segundo o relatório de fiscalização, o prefeito cometeu ímprobos:
  1. a) Despesas relacionadas ao transporte de alunos sem comprovação documental;
  2. b) Transferências de recursos para conselhos escolares sem a comprovação das despesas realizadas;
  3. c) Irregularidades na formalização da inexigibilidade nº 002/2007, para a aquisição de combustíveis e demais produtos derivados para veículos da frota municipal;
  4. d) Movimentação de recursos do FUNDEB fora da conta específica do programa;
  5. e) Contratação irregular de servidores exercendo a função de professor com remuneração inferior a um salário mínimo mensal.
A justiça aceitou o pedido do MPF e julgou parcialmente procedentes os pedidos, nos termos do art. 487, I, do Código de Processo Civil, c/c artigo 12, III, da Lei de Improbidade Administrativa (LIA), para condenar o réu, João Bosco Lacerda de Alencar pela prática de ato de improbidade caracterizado por violação de princípios.
  1. a) à perda da função pública atualmente exercida, se for o caso;
  2. b) ao pagamento de multa civil no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), cujo importe deverá ser depositado em favor do Fundo de Defesa dos Direitos Difusos;
  3. c) à proibição de contratar como o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 03 (três) anos;
  4. d) à suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 03 (três) anos, a ser comunicada ao TRE, após o trânsito em julgado. Condeno o réu, ainda, ao pagamento de custas processuais.
As sanções de perda da função pública e suspensão dos direitos políticos só terão eficácia após o trânsito em julgado da sentença e os valores de condenação acima descritos deverão ser devidamente atualizados em consonância com o Manual de Cálculos da Justiça Federal, quando do cumprimento do julgado. A decisão judicial ainda cabe recurso. (*Com informações de Cariri Filho)

Um jovem de 23 anos foi morto a tiros e outra pessoa ficou baleada, na tarde desta sexta-feira (11), em Bodocó, no Sertão do Araripe. De acordo com a PM, Wellington Bernadino da Silva, foi abordado por dois indivíduos que estavam em uma motocicleta e que já chegaram atirando.
A vítima ainda tentou fugir e entrou em uma casa, mas foi perseguido e executado pelo atirador. Durante a ação criminosa uma segunda pessoa também foi atingida. Seu estado de saúde não foi informado.

O caso foi registrado na 24ª Desec de Araripina, também no Sertão. Esse foi o segundo homicídio do ano em Bodocó e o 35º do Sertão do Araripe no mesmo período. * Com informações de Nilson Macedo.

O prefeito de Bodocó, recebeu na manhã desta sexta (11), a visita dos deputados federal Fernando Filho e estadual Antônio Coelho, eles cumpriram agenda visitando algumas obras no município, participaram de uma café da manhã com o gestor e seguiram para Araripina.

Na oportunidade, Túlio Alves destacou algumas obras em andamento, esteve em cada uma, junto com os parlamentares e sua equipe. Ele também ressaltou que está acompanhando a reconstrução da Ponte sobre o Rio Pequi e que tem cobrado do estado mais agilidade. Túlio elogiou a participação dos deputados em seu governo.
“A presença deles é muito importante, ao longo do nosso mandato Fernandinho destinou diversos recursos pra gente, ele nos ajudou com ônibus escolar, abastecimento, pavimentação, gabinetes odontológicos, tem sido um grande parceiro, isso é importante”. Disse Túlio Alves.

Os parlamentares visitaram algumas obras em andamento, acompanhados do prefeito e equipe, serviços de calçamento em ruas do Bairro São Francisco, construção da Escola, Estádio Municipal e Parque de Eventos. 

Túlio Alves também falou de política, está animado para uma pré-candidatura e descartou a possibilidade do seu pai, o ex-prefeito Brivaldo Alves disputar as eleições municipais em 2020, ele disse que essa é uma decisão do próprio Brivaldo, que quer apenas se dedicar à carreira política do filho. 

“Não há nenhuma possibilidade do meu pai disputar em 2020, temos feito reuniões com nosso grupo, lideranças e vereadores continuam batendo forte no meu nome, meu pai em casa me dá aquela força, a gente conversa muito, ele diz que vai continuar prestando serviços para o município, mas que está fora da política”, confirmou Alves.

Cidinha Medrado

As obras do Hospital Municipal Eulina Silva Lócio de Alencar seguem a todo vapor. Toda a estrutura física está sendo reformada e ampliada e em breve a Prefeitura de Bodocó, por meio da Secretaria de Saúde, entregará uma moderna e completa estrutura a população.

O hospital passará a contar com sala de estabilização (sala vermelha / semi UTI), sala de nebulização, sala exclusiva para curativos, banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais, farmácia própria e ganhará exclusivas salas para realização de triagem, serviço social e administração.

Todas as salas do hospital já estão climatizadas. O hospital terá nova ala de internamento, que contará com cinco enfermarias para internamento de clínica médica (adulta e pediátrica), enfermaria para leito psiquiátrico/ isolamento e ala obstetrícia completamente reformada.
Na área externa já é possível ver o preparo para a instalação de novos equipamentos, como modernas máquinas de lavagem e secagem de roupa. O refeitório e a copa foram totalmente ampliados. A unidade contará com auditório com capacidade para até 50 pessoas e novo necrotério.

Além da estrutura física, o hospital já conta com novas camas, cadeiras, berços, armários, entre outros itens.

O projeto arquitetônico foi completamente adequado e fundamentado em todos os requisitos técnicos construtivos para proporcionar aos pacientes, profissionais de saúde e a população em geral, segurança, conforto e qualidade.

O prefeito Túlio Alves destaca: “os avanços na saúde de Bodocó tem sido destaque em toda a região do Araripe. Seguimos cumprindo o nosso compromisso em oferecer uma saúde de qualidade aos bodocoenses. Em breve estregaremos a população mais esta grande e importante conquista, que será o novo hospital municipal”. 

Dois sítios e uma fazenda de Bodocó serão leiloados na próxima quarta-feira, 25, por determinação do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Os participantes podem dar lances até as 11h pelo site JD Leilões, sob a responsabilidade do leiloeiro José David de Melo.
Os potenciais compradores devem fazer cadastro prévio no referido site e enviar a documentação necessária em até 24 horas antes do leilão eletrônico. Isso evita problemas na liberação do acesso.

Um dos sítios tem lance mínimo de R$ 25.987,50. O outro, a partir de R$ 42.273,00. A fazenda de 174 hectares pode ser adquirida com lance mínimo de R$ 143.500,00. Os valores poderão ser parcelados com entrada de 25% e o restante em até 30 vezes. (Por Alvinho Patriota)
Tecnologia do Blogger.