Blog Rômulo Lima

A exemplo de outros municípios sertanejos, a Prefeitura de Bodocó (PE), no Araripe, dará início a um ciclo de audiências públicas para elaborar seu Plano Plurianual 2018/21. Coordenado pela Secretaria de Finanças, o ciclo terá a primeira audiência nesta sábado (19),das 8h às 16h, no Colégio Municipal Antônia Lócio da Cruz. O evento é aberto à população.

“É muito importante a participação da comunidade para que possamos, através de sugestões, incluir as demandas apresentadas pelos cidadãos, para que o orçamento seja de fato participativo e represente os anseios dos bodocoenses”, destaca o prefeito Túlio Alves.
Além da audiência na cidade, serão realizadas mais quatro audiências na zona rural do município:

Dia 26/08 – 8h em Feitoria; às 13h em Cacimba Nova;

Dia 02/09 – 8h em Jardim; às 13h em Sipaúba.

O Plano Plurianual é o instrumento de planejamento que estabelece diretrizes e objetivos da gestão municipal, através da participação da população, para construir as ações e metas que serão desenvolvidas nos próximos quatro anos. 

Fonte: Blog de Carlos Britto | Foto/divulgação

Até o dia 19 de agosto, o projeto ainda vai contemplar Ouricuri e Bodocó.
6ª edição homenageia o escritor bodocoense Cícero Belmar.
Depois de passar por Araripina, a Jornada Literária Chapada do Araripe chega nesta quarta-feira (16/8) em Ipubi. Com o tema “Arte do Chão – Da minha terra semeio o mundo”, este ano o projeto realizado pelo Sesc Pernambuco homenageia o jornalista e escritor bodocoense Cícero Belmar, e circula por Araripina, Ouricuri, Bodocó e Ipubi, estimulando a leitura e a escrita por meio de um intercâmbio Cultural. 

A programação começa às 9h na Escola Municipal Euzélia de Melo Campos, com “A passagem Secreta”, uma manhã de histórias com Susana Morais (Recife) e Diego Gilbran(Recife). Às 10h, também na Escola Euzélia de Melo Campos, a Tropa do Balaco Baco (Arcoverde) emerge a obra do homenageado da Jornada, o escritor Cícero Belmar, com a apresentação “Meu Reino pela Literatura”.

À tarde a programação começa às 14h no auditório da Escola Arão Peixoto de Alencar, com “Pegue um bigu na poesia”, récita e roda de conversa com Fred Caju (Recife) e Gleison Nascimento (Recife). Também a partir das 14h, Susana Morais (Recife) e Diego Gibran (Recife) ministram a oficina de cordel no auditório da Secretaria Municipal de Educação e Juventude.

O encerramento da passagem do projeto pela cidade, começa a partir das 19h, no pátio da Igreja Matriz, onde a Tropa do Balaco Baco apresenta o espetáculo “RE TE TEI”. Às 20h o poeta Chico Pedrosa (Guarabira/PB) presenteia o público com “Um toró de versos”. A noite será encerrada com “Ritmo e Poesia”, apresentação do grupo Hip Hop Colisão B. Boys (Araripina), com participação especial de Junior Baladeira (Ouricuri).

De Ipubi a Jornada literária segue para Ouricuri, na quinta-feira (17/8). Durante dois dias a cidade recebe récitas, conversas, espetáculos e oficinas. A programação só termina na noite do dia 18 de agosto, a partir das 19h30, no Teatro Carlota Peixoto, com a palestra “O escritor guarda um monstro na gaveta?”, com Mário Rodrigues (Garanhuns), vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2016. Às 21h acontece a apresentação de “Baião Mais Eu”, com Neudo e Elmo Oliveira (Ouricuri).
Cidade natal do escritor Cícero Belmar, homenageado desta edição, Bodocó recebe a Jornada nos dias 18 e 19 deste mês. A programação será aberta às 7h30, em clima festivo, com “Uma Alvorada para Seu Bindô”. O encerramento na Fazenda FEBO não será diferente, com cantoria, peleja e apresentação da cantora Isaar (Recife). A programação completa da Jornada pode ser conferida no site www.sescpe.org.br.

ARARIPINA – Primeira cidade a receber a programação da Jornada, Araripina foi tomada por arte e literatura durante os dias 14 e 15 de agosto. Escritores e artistas participam de bate papos, récitas e se apresentam em praça pública e escolas públicas da cidade. No primeiro dia, um grande cortejo saiu às ruas da cidade convidando a população para participar da Jornada Literária. Artistas de Pernambuco e de outros Estados coloriram as principais avenidas de Araripina.

A noite, o escritor e jornalista, Cícero Belmar foi recebido na AEDA/FAFOPA para uma conversa mediada pela escritora Susana Morais (Recife). O cantor Rubi (Goiânia/GO) encerrou a noite com o espetáculo “Uma voz para ver e ouvir”. “Para mim é mais que um motivo de orgulho, essa homenagem. Porque é a minha região. É um motivo de responsabilidade, porque quando tomei posse na Academia Pernambucana de Letras foi dito que eu vinha de uma região onde o índice de analfabetismo sempre foi muito grande. O que estamos fazendo aqui é exatamente o contrário, homenageando não só a literatura, mas as pessoas que gostam das letras. Isso é muito bonito e me deixa muito feliz”, afirmou Belmar.

O prefeito Túlio Alves entregou na tarde desta quinta-feira (10) as premiações aos alunos que ganharam destaque no concurso de produção de texto e desenho da campanha: Comunidade Escolar Mobilizada contra o Aedes Aegypti.

Promovida pelo Programa Saúde na Escola (PSE), que integra as Secretarias Municipais de Saúde e Educação, a ação foi realizada em dez escolas do município durante o primeiro semestre, através de palestras, campanha de conscientização e concurso.
Os alunos Juciel Santana (Escola Municipal João Gomes de Souza, em Sipaúba), Luiz Fernando Lima e Daniel José da Silva (Escola Municipal São Francisco) foram os ganhadores do concurso.

“Nosso objetivo com esta ação é incentivar cada vez mais o aluno a estudar e acreditar no seu potencial, além de despertar para a importância de eles estarem na luta contra o Aedes Aegypit,” destaca o prefeito Túlio Alves.
“Foi uma grande surpresa pra mim, agradeço a minha professora de Português, Dayane da Silva, pois graças a ela consegui ganhar o tablet; estou muito feliz”, comemorou o aluno Juciel Santana, de 14 anos, ao ganhar o seu primeiro tablet.

A recém-inaugurada Unidade de Pronto Atendimento Especializado (UPAE) contempla onze cidades da região.
Bebês com microcefalia tem acesso à tratamento especializado em Ouricuri. (Foto: Ivo Ferraz/ TV Grande Rio)
A dificuldade de acesso à profissionais que atendam as demandas de bebês com microcefalia tem sido um obstáculo para muitas famílias do Sertão do Araripe. Tentando mudar essa realidade, a recém-inaugurada Unidade de Pronto Atendimento Especializado (UPAE), em Ouricuri, no Sertão de Pernambuco, pretende evitar que essas famílias enfrentem grandes deslocamentos para garantir o tratamento especializado.

O atendimento na UPAE é realizado todas as terças e quintas-feiras, nos turnos da manhã e da tarde, e, além do acompanhamento médico, conta com o trabalho de fonoaudiólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e psicólogos. A unidade atende os onze municípios que integram o Sertão do Araripe: Ouricuri, Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Parnamirim, Santa Cruz, Santa Filomena e Trindade.

De acordo com o setor administrativo da UPAE, a descentralização do atendimento é uma forma de garantir a reabilitação e a estimulação precoce dos bebês com microcefalia, auxiliando no seu desenvolvimento.

Dados da microcefalia

No final de 2015, o governo brasileiro decretou situação de emergência na saúde pública por conta do aumento nas notificações de casos de microcefalia. Desde o início deste ano até o mês de março, foram notificados, no Brasil, 165 casos de microcefalia e outros distúrbios causados pelo vírus da Zika, transmitido pelo mosquito aedes aegypti, que também é transmissor da dengue e da febre chikungunya.

Em Pernambuco, entre 2015 e 2016, 407 casos de microcefalia foram notificados no estado. De acordo com dados das Secretaria Estadual de Saúde (SES), até 25 de fevereiro deste ano, foram 43 notificações de síndrome congênita do vírus zika, sendo em média 21,5 casos por mês. Em 2016, a média mensal foi de 91,4.

Em todo o Sertão, entre agosto de 2015 a agosto de 2016, foram 27 casos de microcefalia confirmados. A região do Sertão do Araripe contabilizou, desde 2015, 106 casos suspeitos da síndrome. Desses, 18 foram confirmados.

Microcefalia

A criança com microcefalia apresenta a cabeça e o cérebro menores do que o normal. Os sintomas apresentados são atraso mental, deficit intelectual, paralisia, convulsões, entre outros. A malformação congênita pode ter diversas causas e ser originada de vírus, bactérias ou radiação. No Brasil, o aumento no número de casos da síndrome é relacionado ao vírus da Zika.

A microcefalia não tem cura, porém existem métodos que possibilitam uma melhor qualidade de vida para o bebê. O diagnóstico pode ser feito durante a gravidez, por meio dos exames de pré-natal.


Por G1 Petrolina, Ouricuri

Caravana do PT com ex-presidente começa dia 17 de agosto em Salvador. 
Confira o roteiro completo, inédito, com todas as datas e cidades por onde ele passará. 
A viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos estados do Nordeste, entre agosto e setembro, é a primeira etapa de um projeto que deve alcançar todas as regiões do país nos meses seguintes.

O projeto Lula Pelo Brasil é uma iniciativa do PT com o objetivo de perscrutar a realidade brasileira, no contexto das grandes transformações pelas quais o país passou nos governos do PT e o deliberado desmonte dos programas e políticas públicas de desenvolvimento e inclusão social, que vem sendo operado pelo governo golpista nos últimos dois anos.

Essa iniciativa do PT conta também com a participação da Fundação Perseu Abramo, que acaba de lançar o Programa Brasil em Movimento, com o objetivo de elaborar uma estratégia para o futuro do país.

O legado dos governos Lula e Dilma é elemento central da disputa política e ideológica no Brasil atual. Daí a necessidade de recuperar este legado e avaliar criticamente os resultados das políticas transformadoras do PT, para defender o que está sendo ameaçado, corrigir o que não deu resultado e elaborar propostas para fazê-las avançar. 

Diagnósticos dessa amplitude se produzem normalmente por meio de seminários, debates, oficinas, recolhendo as contribuições da academia e da sociedade organizada. O Projeto Lula Pelo Brasil vai acrescentar a esses debates a escuta direta do povo e a avaliação in loco dos programas e políticas públicas implantados nos governos do PT.

Viajar pelo Brasil, conversando com as pessoas, não é novidade para Lula. Ele percorreu o país nos anos 1970, para organizar o novo movimento sindical; nos anos 1980, para construir o PT; nas Caravanas da Cidadania, de 1992 a 1994, para construir um programa de governo de baixo para cima. Na presidência, recusou-se a ficar encastelado no Planalto e continuou percorrendo o Brasil. 

Esse modo de atuar na política junto com o povo diferencia Lula de outras lideranças nacionais. Lula é provavelmente o brasileiro que mais conhece o país e nossa gente. A experiência que ele acumulou, nas campanhas e na presidência, vai qualificar as avaliações, diagnósticos e a elaboração de um pensamento estratégico para o país.

O Projeto Lula Pelo Brasil também contribuirá para dar visibilidade ao legado social e econômico dos governos do PT. A Rede Globo e os grandes jornais e revistas adotam sistematicamente duas atitudes em relação este legado: a censura ou a manipulação ideológica, num esforço cotidiano de desconstrução.

Programas como o Bolsa Família foram e continuam sendo alvo de campanhas difamatórias e preconceituosas. Outros, como o Programa de Aquisição de Alimentos , são solenemente ignorados, sepultados sob o silêncio. E outros, como a política de conteúdo nacional nas encomendas da Petrobrás, foram até criminalizados.

A Rede Globo não quer apenas negar ao PT e a Lula o direito de atuar politica e eleitoralmente; precisa apagar a obra de nossos governos que é, em última análise, a razão pela qual Lula é reconhecido como o melhor presidente brasileiro de todos os tempos e segue como ameaça permanente ao projeto neoliberal.

As viagens de Lula pelo Brasil vão contribuir para desinterditar o debate sobre os projetos para o pais. 

A programação da viagem ao Nordeste inclui o lançamento, em duas capitais, da terceira etapa do Memorial da Democracia. Trata-se, como se sabe, de um projeto do Instituto Lula, em parceria com a Fundação Perseu A bramo, que reconstituiu a história da luta pela democracia no Brasil do ponto de vista das classes populares e seus aliados.

A entrega dessa contribuição ao público, durante a viagem, demonstra que continuamos trabalhando em favor do Brasil, mesmo nas duras circunstâncias do golpe e da perseguição judicial e midiática.

Confira o roteiro da caravana de Lula ao Nordeste

QUINTA-FEIRA, 17 DE AGOSTO
Salvador – Bahia
 
SEXTA-FEIRA, 18 DE AGOSTO
Cruz das Almas e São Francisco do Conde – Bahia
 
SÁBADO, 19 DE AGOSTO
Feira de Santana – Bahia
 
DOMINGO, 20 DE AGOSTO
Estância – Sergipe
 
SEGUNDA-FEIRA, 21 DE AGOSTO
Lagarto, Itabaiana e Nossa Sra. da Glória – Sergipe
 
TERÇA-FEIRA, 22 DE AGOSTO
Aracaju – Sergipe
Penedo – Alagoas
 
QUARTA-FEIRA, 23 DE AGOSTO
Arapiraca – Alagoas
Maceió – Alagoas
 
QUINTA-FEIRA, 24 DE AGOSTO
Recife – Pernambuco
 
SEXTA-FEIRA, 25 DE AGOSTO
Recife – Pernambuco
 
SÁBADO, 26 DE AGOSTO
João Pessoa – Paraíba
 
DOMINGO, 27 DE AGOSTO
Campina Grande – Paraíba
Currais Novos – Rio Grande do Norte
 
SEGUNDA-FEIRA, 28 DE AGOSTO
Mossoró – Rio Grande do Norte
 
TERÇA-FEIRA, 29 DE AGOSTO
Quixadá – Ceará
 
QUARTA-FEIRA, 30 DE AGOSTO
Juazeiro do Norte – Ceará
 
QUINTA-FEIRA, 31 DE AGOSTO
Granito – Pernambuco
 
SEXTA-FEIRA, 1º DE SETEMBRO
Marcolândia – Piauí
Picos – Piauí
 
SÁBADO, 2 DE SETEMBRO
Teresina – Piauí
 
DOMINGO, 3 DE SETEMBRO
Timon – Maranhão
 
SEGUNDA-FEIRA, 4 DE SETEMBRO
São Luís – Maranhão
 
TERÇA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO
São Luís – Maranhão

Da Redação da Agência PT de Notícias

A Companhia do Tijolo apresenta o espetáculo dia 3 de agosto no Erem Artur Barros Cavalcanti.
Foto: Divulgação
Nesta quinta-feira (3/8), Bodocó recebe a Companhia do Tijolo, de São Paulo, que vai apresentar, às 20h, na Escola de Referência do Ensino Médio (Erem) Artur Barros Cavalcanti, o espetáculo “Ledores do Breu”. A peça, gratuita, integra a 20ª edição do Palco Giratório do Sesc.

Inspirado na prática e pensamento do educador Paulo Freire, nas obras do poeta Zé da Luz e do escritor Guimarães Rosa, o espetáculo é um drama que aborda a relação entre o homem da leitura e o mundo ao seu redor. Com direção de Rodrigo Mercadante e atuação de Dinho Lima Flor, o solo aborda as diferenças sociais e os aspectos de parcela da população sem acesso a educação no País.

Na sua 20ª edição, o Palco Giratório é o maior projeto de artes cênicas em circulação no País. Até o mês de novembro, 11 grupos aportam em 17 unidades do Sesc em Pernambuco. Apresentam-se aqui companhias de oito estados: Rio de Janeiro, Bahia, Ceará, Distrito Federal, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. O Palco traz este ano 36 apresentações de espetáculos, sete a mais do que a edição do ano passado, um seminário, uma Mostra Comemorativa, 10 Pensamentos Giratórios, 13 oficinas, além de três intercâmbios, sendo dois na cidade do Recife e um em São Lourenço da Mata.

Serviço - Palco Giratório | Espetáculo “Leitores do Breu”
Local: EREM Artur Barros Cavalcanti (Rua Agamenon Magalhaes, 83 - Centro) 
Data: 3 de agosto, às 20h 
Acesso: Gratuito
Tecnologia do Blogger.