Blog Rômulo Lima

A partir deste mês Pernambuco recebe a 18ª edição do Palco Giratório, maior projeto de artes cênicas em circulação no país, com curadoria nacional do Serviço Social do Comércio (Sesc). Pernambuco receberá 12 dos 20 espetáculos selecionados este ano, que se apresentam em 14 cidades até novembro, totalizando 50 apresentações e 216 horas de atividades formativas.
Os destaques do projeto este ano para Pernambuco são: a ampliação da interiorização, de forma a democratizar o acesso à arte e formar plateias, e o investimento maciço em atividades formativas, como oficinas, Pensamento Giratório e Intercâmbios com grupos locais.
Até novembro, Pernambuco recebe companhias do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Santa Catarina, Goiás, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte e Maranhão. Dois grupos de Pernambuco também foram selecionados para o circuito nacional, o bailarino Dielson Pessoa e  o Balé Popular do Recife.
A primeira etapa do Palco Giratório começa no próximo dia 23, em Petrolina, com o espetáculo “Exu, a Boca do Universo”, do Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas (BA). A peça tem 60 minutos e possui direção de Fernanda Júlia. O elenco é formado pelos atores Antonio Marcelo, Daniel Arcades, Thiaro Romero, Fernando Santana e Fabíola Julia.
O grupo se apresenta no Teatro Dona Amélia, no Sesc Petrolin, às 20h, com ingressos a R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). No dia 25 será a vez do Sesc Arcoverde receber o mesmo espetáculo no Teatro Escadaria, às 22h. Os ingressos custam R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.