Blog Rômulo Lima

O repovoamento da barragem de Campo Santo, em Santa Filomena, sertão do Araripe, irá incentivar a piscicultura familiar entre as famílias do entorno e ajudar na conscientização ambiental dos jovens do município. A ação foi promovida pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), por meio de sua 3ª superintendência regional, sediada em Petrolina, com a participação de estudantes da escola pública do distrito.
Foram soltos na barragem 25 mil alevinos das espécies curimatã, tilápia e carpa. O diretor da Escola Municipal José Camilo, professor Carlos Damasceno Silva, recebeu com alegria a ação da Codevasf na comunidade. Ele frisou que a questão ambiental é trabalhada com o alunado, focando a preservação do principal reservatório local. Ele destaca ainda o papel importante da Codevasf nesse trabalho, e que a Companhia pode dar o suporte necessário a esse projeto da escola.
“A conscientização das crianças é essencial, especialmente pela importância do peixe para a comunidade. Esse peixamento em parceria com a Codevasf nos ajuda bastante e, por ser um órgão federal, pode dar todo o subsídio para a gente fazer um bom trabalho aqui na comunidade”, destacou o professor.
Presidente da Associação de Moradores de Campo Santo, Aldemir Damasceno, declarou que essa era uma ação aguardada há muito tempo pelos moradores do distrito, considerando que a pesca é uma de suas principais atividades econômicas. A barragem de Campo Santo tem um grande volume de água, conforme o líder comunitário do lugar.
“Hoje, estamos apenas com 30% dessa capacidade e ainda tem um grande volume de água, imagine com a barragem no seu volume normal. Então esse peixamento, além de ser importante para a sobrevivência da barragem, é uma fonte de alimentação para as famílias que vivem da pesca aqui, além de ser um importante ponto de lazer na região”, disse o presidente.
O chefe do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Bebedouro (3º CIB) em Petrolina, Rozzano Figueiredo, registra que a atividade de repovoamento dos mananciais tem sido um dos focos principais do trabalho do Centro, buscando sempre oferecer alimentos para a população do entorno dos açudes, rios e barragens onde são feitos os peixamentos. O 3º CIB é uma das unidades de produção de alevinos da Codevasf.
“Em Santa Filomena, além de fazermos um trabalho de educação ambiental, também realizamos uma ação que garante alimentação saudável às pessoas do entorno do açude. Além do Dia Mundial da Água, que está se aproximando, aproveitamos para fazer um trabalho social que contribuirá para que as pessoas tenham acesso a uma proteína de qualidade”, constatou Figueiredo.
Presente à atividade de repovoamento da barragem de Campo Santo, o gerente regional de revitalização de bacias hidrográficas da Codevasf em Pernambuco, Elijalma Augusto Beserra, destacou que a proposta dos peixamentos nos diversos mananciais do sertão pernambucano é uma das ações sociais mais importantes desenvolvidas pela instituição.
“É muito importante, porque muitas vezes as pessoas que moram em torno desses açudes não têm acesso a um alimento saudável de alta qualidade como a que a gente coloca aqui, então é um trabalho que a Codevasf vem fazendo há muito tempo e que deve ser valorizado cada vez mais”, pontuou.
O chefe do 3º CIB ressalta que o prazo para a pesca dos alevinos é relativo, depende de alguns fatores para o desenvolvimento do peixe. “São fatores como qualidade de água, quantidade de alimentos disponíveis dentro dos açudes. É uma coisa relativa, mas os próprios pescadores sentirão isso e saberão o momento certo de se pescar esse peixe”, colocou Rozzano Figueiredo.
No balanço de 2014, o 3º CIB da Codevasf em Pernambuco produziu 4,5 milhões de alevinos. A maior parte foi destinada a ação de inclusão produtiva desenvolvida pela Companhia em mais de 20 cidades pernambucanas e de estados vizinhos. Rozzano Figueiredo conta que anualmente a Codevasf, por meio do 3º CIB, promove em média 15 ações oficiais de peixamento em sua área de atuação.

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.