Blog Rômulo Lima

No primeiro jogo entre rivais, esta quarta, no Sertão, Carcará quer título inédito para times do interior, enquanto tricolores estão confiantes em soberania e mais uma taça.
Mais um capítulo da história de cem anos do Campeonato Pernambucano começa a ser escrito às 22h desta quarta-feira, no Estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro. E com um toque especial. O Salgueiro recebe o Santa Cruz com a expectativa de se tornar o primeiro clube do interior a levantar a taça de campeão. Mas os tricolores, do outro lado, não pensam na possibilidade de viés diferente no enredo do Estadual. Pensam, ao contrário, em estragar o sonho e reconquistar o título depois da série de três conquistas, quebrada em 2014, pelo Sport. A segunda e decisiva partida acontece no próximo domingo, no Arruda.
Salgueiro chega à primeira final do Campeonato Pernambucano ao lado da torcida. Não deixa de ser um adversário a mais para os tricolores, uma vez que o estádio se transforma num caldeirão quando está lotado. Dos ingressos postos à venda, foram comercializados 8.500, uma prova que a galera salgueirense vai botar o Salgueirão para ferver.
Para esta primeira partida, Sérgio China pretende manter a equipe que desclassificou o Sport no último domingo, em plena Arena Pernambuco. As mudanças previstas e cobradas pelo técnico são relacionadas ao esquema tático que usará para enfrentar o Santa e a postura dos jogadores diante da importante decisão.
O Santa Cruz chegou à final de mansinho. Enfrentou problemas na fase de classificação, segurou lanterna da competição, mas, aos poucos, ajustou-se e se classificou à semifinal na terceira colocação. No duelo contra o Central, atropelou. E chega para a grande decisão com 6 a  0, somados os dois placares, contra os caruaruenses - 4 a 0 só no primeiro confronto, no Arruda.
Com uma maneira de atuar formatada desde o início, engrenou no momento certo e não deve mudar a postura para a decisão. Jogadores e o próprio técnico Ricardinho atestaram manutenção do estilo. O respeito ao Salgueiro, como de praxe, também foi tema recorrente.
A Rede Globo Nordeste transmite ao vivo e o GloboEsporte.com acompanha os lances em Tempo Real.
Salgueiro:  Apesar do mistério do técnico Sérgio China, o Salgueiro não deve ser muito diferente do testado e aprovado no Pernambucano. As dúvidas do treinador pairam sobre a zaga, o meio de campo e o ataque. Mas é quase certa a presença dos relacionados a seguir: Luciano; Ranieri, Marcos Tamandaré, Marlon (Thyego), Rodolfo, Rogério,Moreilândia, Vitor Caicó (Anderson Lessa), Jeferson, Valdeir, Lucio (Cassio).
Santa Cruz: Como de costume, o técnico Ricardinho não divulgou a escalação, mas é difícil que mexa na estrutura da equipe. A única mudança esperada é a entrada Edson Sitta. Com isso, Bileu ou Biteco deixariam a equipe. O provável Santa entra em campo com Fred; Nininho, Danny Morais, Alemão e Tiago Costa; Bileu (Edson Sitta), Bruninho, Guilherme Biteco, Emerson Santos e João Paulo; Betinho.
Salgueiro: Sérgio China contará com todo o elenco, uma vez que ninguém se encontra no departamento médico.
Santa Cruz: O atacante Waldison, com lesão na coxa, e o goleiro Tiago Cardoso, com problema no joelho, são as únicas ausências.
Por  
Salgueiro

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.