Blog Rômulo Lima

Crime ocorreu em Araripina, no Sertão. Inquérito foi finalizado quase um ano depois.
Chega ao fim, após quase um ano do ocorrido, o inquérito da morte do fotógrafo Albertino Lopes de Oliveira, de 46 anos, que aconteceu na cidade de Araripina, no Sertão do Estado. De acordo com a Polícia Civil, que investigou o caso, o filho da vítima, Nilbert Meira de Oliveira, 20, foi o principal responsável pelo crime.
O fotógrafo tinha três filhos, dois menores e um maior de idade, que é o indiciado. Ele foi assassinado quando estava chegando em casa. O fato que levou a polícia desconfiar do primogênito da vítima foi um seguro de vida no valor de R$ 400 mil, que beneficiaria apenas o filho mais velho, segundo o delegado Marceone Ferreira Jacinto.
“Na primeira declaração, ele nos disse que não sabia desse seguro, mas, uma semana após o acontecido, ele deu entrada no que lhe beneficiaria e foi aí que passamos a desconfiar e chegar à conclusão”, explicou.
Nilbert foi encontrado na cidade de Teresina, no estado do Piauí, no fim de março deste ano, está preso e aguarda julgamento.

Do Folha de PE
Foto: Rafael Diniz

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.