Blog Rômulo Lima

No início do Campeonato Pernambucano, com resultados negativos contra Central e Serra Talhada, parte da torcida do Carcará pediu a demissão do treinador .
Sérgio China conseguiu levar o Salgueiro a final do Pernambucano
Sérgio China chegou ao Salgueiro com três importantes missões: fazer uma boa Copa do Nordeste, ficar entre os melhores do Campeonato Pernambucano e recolocar o Carcará na Série B do Campeonato Brasileiro. O Brasileiro ainda não começou, no Nordestão, o time chegou pela primeira vez nas quartas de final, agora, com a conquista da inédita vaga na decisão do estadual, o treinador de 49 anos coloca seu nome na história do clube sertanejo, com apenas quatro meses de trabalho.
Após o empate contra o Sport, que garantiu o Carcará na final do Pernambucano, China lembrou o início do trabalho no Carcará e a confiança que recebeu da diretoria do clube, após a sequência de maus resultados.
– O segredo desse grupo é esse: sempre acreditar. Nunca desacreditar, principalmente o nosso presidente. O Salgueiro começou difícil, eu não fiz grandes resultados e, no momento mais difícil, o Clebel manteve a mim e comissão técnica e acreditou em um trabalho de médio a longo prazo. - destaca China.
Além da confiança recebida pela diretoria, China ressaltou o esforço do grupo nas três competições que estava envolvido. O treinador diz que o time agora tem que descansar para tentar o objetivo maior, que é o título.
– Foi muito difícil. Os atletas disputarem três competições como nós fizemos. Copa do Nordeste, onde fizemos história indo para outra fase, jogar contra o Flamengo, Campeonato Pernambucano, chegar na final, é muito desgastante. Nosso plantel é reduzido, com grandes atletas que se doaram ao máximo. O que nós temos que ter agora, repetindo o Tamandaré, é descansar, porque temos mais dois jogos.
O Salgueiro começa a decidir o título Pernambucano na quarta-feira. No estádio Cornélio de Barros, o Carcará recebe o Santa Cruz, às 22h. A partida de volta será no domingo, em Recife.
Por Recife
Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.