Blog Rômulo Lima

Mesmo com a maioria dos políticos de Ouricuri fazendo festa e vangloriando o governador Paulo Câmara (PSB), ele parece não está dando tanta moral aos seus correligionários do município.
Há pouco mais de uma semana, a primeira dama de Araripina, Roberta Arraes (PSB) foi nomeada Assessora Especial do Governo, no Sertão do Araripe. Essa notícia deixou algumas lideranças de Ouricuri despeitadas.
Essa despeita talvez tenha uma explicação. Nos últimos anos, nenhum político local ocupou algum cargo importante e de confiança no executivo estadual. Pode até ter tido, mas não apareceu ou não foi destaque. Tudo bem que está no começo do mandato, mas depois que assumiu o cargo de governador, Paulo não deu ainda aquela moral para os ouricurienses e suas lideranças políticas. É fato.
Talvez haja um motivo para pouca evidência com o estado. Nem todos lembram, mas o atual governador tomou uma lavada de Armando Monteiro (PTB) na cidade. Foram mais de 6 mil votos de frente. Enquanto Monteiro somou 16.990 votos (62,16%), Câmara obteve 10.301 votos (37,69%). Se Paulo precisasse das lideranças de Ouricuri para ser eleito, não teria chegado nunca a cadeira de governador.
A verdade é que a cidade de Ouricuri deixou de ser respeitada faz tempo, desde quando resolveu não eleger mais seus deputados ouricurienses. A cidade que já foi conhecida como a terra do deputado Felipe Coelho, o Tigre do Araripe, hoje é lembrada, apenas, na época de eleições.
Do Portal A10

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.