Blog Rômulo Lima

Materiais foram apreendidos por excesso de barulho, diz Prefeitura.
Alguns dos 'paredões' apreendidos serão doados a instituições.
A Prefeitura de Fortaleza vai destruir nesta quarta-feira (29) 100 equipamentos sonoros conhecidos como "paredões de som" por popuição sonora e uso irregular. O equipamentos que serão destruídos não foram resgatados pelos proprietários no prazo estabelecido por lei. Outra parte dos sons será doada a instituição que fizeram a requisição legal.
A demolição ocorrerá às 10h, no estacionamento da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). De acordo com a secretaria muitas caixas de som estão deterioradas por conta da ação do tempo.
Este é o primeiro descarte de equipamentos sonoros promovidos pela Seuma em 2015 e faz parte das ações em alusão ao Dia Mundial de Conscientização sobre Ruído, que ocorre anualmente na última quarta-feira de abril.
Em 2014, 516 materiais foram destruídos e outros 114 foram doados a entidades. Em 2013, mais de 90 equipamentos foram descartados. Os materiais destruídos são encaminhados para empresa especializada em coleta de resíduos eletrônicos.
Estes componentes são separados e destinados para o setor industrial a fim de serem reutilizados. A madeira e demais materiais seguem para a Rede de Catadores do Ceará, incrementando uma arrecadação fomentada pela Prefeitura de Fortaleza que, somente em grandes eventos realizados no ano passado, como Copa do Mundo e Limpa Brasil, coletou 87 toneladas de resíduos.
As equipes de fiscalização da Seuma, em parceria com demais órgãos, como o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), apreenderam, neste ano, 160 aparelhos sonoros. Em 2013, durante as vistorias realizadas diariamente, foram feitas 846 apreensões de equipamentos.
Do G1 CE

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.