Blog Rômulo Lima

Equipamento gera energia ao ser pedalado.
Dispositivo também permite o armazenamento da carga.
Gerar energia de forma sustentável é a proposta de um projeto desenvolvido em Petrolina, no Sertão pernambucano. O projeto 'Pedala Mundo' foi desenvolvido por estudantes de universidades da região e produziu um tipo de bicicleta que produz energia ao ser pedalada. A bike ainda pode ser acoplada a um equipamento que permitem o armazenamento da carga.
Segundo um dos desenvolvedores da bicicleta, o estudante de Ciência da Computação, Cléber Dourado, o projeto foi desenvolvido de setembro de 2013 a fevereiro de 2014. “Produzimos duas bikes e estamos aperfeiçoando. Elas são feitas de ferro, mas pretendemos usar alumínio no futuro para deixá-las mais leves”, declarou o aluno da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape).
Cléber conta que está sendo estudada a possibilidade de produzir um equipamento que as pessoas possam usar em bicicletas comuns para gerar energia em suas casas. “Uma pessoa saudável, a partir do momento que começa a se mover, já gera energia”, disse. O estudante acredita queseria possível carregar um aparelho celular em 30 ou 40 minutos, a depender de alguns fatores, por exemplo.
“Esse foi um dos primeiros testes que fizemos. Utilizando um dínamo (aparelho que converte energia mecânica em elétrica) daria para carregar um celular pedalando. O tempo de recarga depende da velocidade da pedalada, mas, principalmente, das limitações do equipamento”, explicou.
A equipe do projeto também tem como integrantes dois estudantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Ela é uma das empresas da Incubadora do Vale do São Francisco (Invasf), em Petrolina, espaço dedicado a projetos inovadores relacionados a tecnologia.
Atualmente, a equipe utiliza a bike para produzir sucos de forma diferente. “A gente participa eventos beneficentes e culturais, oferecendo um 'serviço sustentável' que permite às pessoas baterem o suco enquanto pedalam”, disse Dourado. Outro projeto futuro do grupo é disponibilizar bicicletas em praças para que os moradores gerem a energia para a própria cidade.
Do G1 Petrolina

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.