Blog Rômulo Lima

Nos bairros da Zona Norte e Zona Sul, houve panelaço e muitos moradores acenderam e apagaram as luzes seguidamente em protesto.
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O programa nacional do PT, exibido na noite desta terça-feira (5) em rede nacional de televisão e rádio, foi alvo de protestos em bairros de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza e Recife. Propaganda exibiu discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contrário ao projeto da terceirização.
Na capital pernambucana, moradores do bairro de Boa Viagem bateram panelas durante a maior parte do programa partidário. Nas janelas, gritaram "Fora, Dilma" e "Fora PT". Nos bairros da Zona Norte, também houve panelaço e muitos moradores acenderam e apagaram as luzes seguidamente em protesto. Houve ainda buzinaço no meio da rua.
Na capital paulista, moradores de bairros como Bela Vista, Jardins, Pinheiros, Mooca, Perdizes, Brooklin, Santana e Tatuapé fizeram "panelaço" durante a propaganda de dez minutos.
As cenas se repetiram em Salvador e em Curitiba. Na capital baiana, o administrador Evando Oliveira, 38, aderiu ao protesto por estar decepcionado com o governo petista.
Ele participou dos protestos de 15 de março e 12 de abril na capital baiana e acha que as manifestações devem continuar.
"As pessoas precisam sair às ruas. A situação da economia, da Petrobras e, agora, do financiamento estudantil só escancaram o quanto este governo já deu o que tinha que dar", afirmou Oliveira, que votou em Lula em 2002.
O "panelaço" foi convocado pelas redes sociais por grupos contrários ao governo federal.Na capital paulista, moradores de bairros como Bela Vista, Jardins, Pinheiros, Mooca, Perdizes, Brooklin, Santana e Tatuapé fizeram "panelaço" durante a propaganda de dez minutos, que exibiu discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contrário ao projeto da terceirização.
No interior de São Paulo, nas cidades de Ribeirão Preto e Campinas, as manifestações de críticas ao governo federal também se repetiram.
No Rio de Janeiro, moradores do Leblon, Flamengo, Botafogo, Copacabana, Laranjeiras e Jardim Botânico também bateram panelas durante a exibição do programa petista.
Houve também registro de manifestações na Tijuca, Barra, Andaraí e Jacarepaguá. Os cariocas que dirigiam durante a transmissão do programa também buzinaram.
Em Brasília, houve "panelaço" e "buzinaço" na Asa Norte, Asa Sul, Sudoeste e em Águas Claras. Durante a exibição do programa, moradores da capital federal também soltaram rojões.
Em Belo Horizonte, onde o presidente do PSDB estadual de Minas Gerais, Marcus Pestana, usou as redes sociais para convocar o "panelaço", também houve queima de fogos.
No programa nacional, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, garantiu que o partido vai expulsar de suas fileiras qualquer petista que, ao final de um processo judicial, for julgado culpado.
"Por isso também, o PT não aceita que alguns setores da mídia queiram criminalizar todo partido por causa de erros graves de alguns filiados", disse.
Em seguida, um ator reiterou: "Você ouviu. Qualquer petista que ao final do processo for julgado culpado será expulso".
Do JC Online

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.