Blog Rômulo Lima

Empresários, contadores, estudantes de contabilidade e funcionários dos departamentos de recursos humanos, financeiro e contábil das indústrias do sertão do Araripe participaram nesta quinta-feira, dia 02, da oficina sobre cálculos trabalhistas e rescisão contratual promovida pela Unidade Regional Sertão do Araripe da Federação das Indústrias de Pernambuco – FIEPE, em Araripina.
Ao longo da manhã o professor de contabilidade Hugo Sérgio Martins – que possui MBA em Gestão Empresarial – expôs para os participantes as diversas modalidades de contratos de trabalho e suas características, os conceitos de proventos (salário, hora extra, adicionais de insalubridade, periculosidade e noturno, salário família e outros) e descontos (previdência, imposto de renda, contribuição sindical, vale transporte, faltas e atrasos).
Durante a tarde todos os conceitos expostos pela manhã foram transformados em uma grande oficina de cálculos trabalhistas com a participação coletiva e a resolução de atividades que se aproximam da realidade diária dentro das empresas. Ao final foram apresentadas as principais indicações sobre a rescisão contratual com exemplos de como calcular as variadas situações de rescisão e como preencher corretamente os termos de rescisão contratual de trabalho.
Os participantes receberam um kit com apostila sobre os temas abordados na oficina e foram presenteados com um certificado. De acordo com Naiclê Pereira, empresária do Gesso Itajaí, a oficina foi muito rica em conteúdo e atualizações. Ela afirma que o setor gesseiro carece de capacitações e que a chegada da FIEPE no Araripe está suprindo esta necessidade. “Nosso setor sempre teve um problema histórico de capacitação dos empresários e funcionários. A FIEPE está trazendo novidades com um custo baixíssimo. Imagine quanto custaria fazer um curso desta qualidade em Recife?”
Ela destaca que os empresários devem investir em seus funcionários para superar o momento de dificuldade econômica. “Trouxe duas funcionárias comigo para participarem da oficina sobre cálculos trabalhistas. Agora elas vão multiplicar os conhecimentos dentro da empresa, afinal todos devem saber pelo menos quanto custa sua hora trabalhada ou como é feito um cálculo de rescisão”.
O professor Hugo Sérgio Martins enalteceu a qualidade dos participantes e afirmou que iniciativas como esta ajudam no crescimento das empresas. “Foram oito horas dedicadas sobre um tema vital dentro de qualquer empresa, afinal os cálculos são elementos decisivos nas finanças e a oficina ajudou os participantes a elevar seu nível de conhecimento. Parabenizo à FIEPE por trazer esta oficina para o sertão do Araripe”.

Da Assessoria

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.