Blog Rômulo Lima

Crime que aconteceu na Zona Rural de Brejo Santo, a 510 quilômetros de Fortaleza, e o fato foi descoberto após uma denúncia anônima.
Após ser sucessivamente estuprada nos últimos cinco meses pelo padastro, uma adolescente de apenas 13 anos, está grávida. O fato aconteceu em Brejo Santo, a 510 quilômetros de Fortaleza.
O acontecimento só veio à tona agora após uma denúncia anônima da comunidade do Sítio Solzinho, na Zona Rural do município cearense. A Polícia Militar já investiga o caso.
“A menina já está grávida de cinco meses, a mãe tinha conhecimento que o marido tinha relações sexuais com a enteada há alguns meses, e ele inclusive confessou que o estupro acontecia desde que a menor tinha 12 anos”, relata o major Geovane Sobreira, que interrogou os envolvidos.
Roberto Clementino da Silva, vulgo Beto, tem 36 anos e vivia maritalmente com a mãe da garota há cerca de oito anos. Mesmo confessando ter violentado a jovem, perante a justiça ele é tratado como um suspeito e está preso desde o último sábado (25), em caráter temporário. Beto pode responder o caso em liberdade, enquanto a menina está recebendo o acompanhamento do Conselho Tutelar do município.
De acordo com o major Sobreira, no depoimento, “a mãe da garota afirmou que não conseguia segurar a menina, pois ela é muito ‘dadeira e namoradeira’, além de ter um namorado que também mantinha relações sexuais com ela, num verdadeiro desmantelo social”, revela. Para a polícia, a garota não sabe afirmar se a criança que ela espera é do padastro ou do namorado, que está em São Paulo.
“A menina declarou que as relações sexuais com o padrasto aconteciam quando a mãe ia à feira, ou mesmo enquanto a mesma estava dormindo. O abuso sexual foi confessado por ambas as partes”, explica o major, que é Comandante da 3ª Companhia do 2º Batalhão da Polícia Militar do Ceará.
O inspetor da delegacia de Brejo Santo, Felipe Coutinho, informa que o inquérito já está instaurado desde a última sexta-feira (24), contudo sem flagrante. A prisão preventiva será solicitada, conforme o oitiva outorgada pelo escrivão e delegado da cidade. A polícia pede que em caso de denúncias de casos de abuso ou violência sexual e agressão, use o Disque 100.
(Com informações da repórter Letícia Lima, Tribuna Band News FM 101,7 Fortaleza).

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.