Blog Rômulo Lima

O vendedor de jóias Kaio César Sobreira Tomaz, que era conhecido como Kaio Foleados e completaria 26 anos no próximo mês de agosto, morreu em consequência de um acidente de trânsito por volta das 20 horas em Castanhal (PA). Ele era de Juazeiro do Norte, mas há uns cinco anos residia na Travessa Alemanha (Bairro Novo Estrela) em Castanhal. O mesmo dirigia o seu veículo Saveiro de cor branca e placas OSN-5937, inscrição de Juazeiro, pela BR-316 quando colidiu em uma carreta da mesma cor.
O veículo ficou sob a carreta e, no acidente, morreu ainda o seu colega Ivanilson da Silva Martins que era de Castanhal, cujo município fica a uma distância de 1.407 Km em relação a Juazeiro. Os dois corpos foram levados para serem necropsiados no IML Centro de Perícias Renato Chaves de Castanhal e liberados agora pela manhã para o traslado ao Cariri. Kaio era casado há dois anos e meio com uma paraense e não tinha filhos.
A mãe dele, Lígia Maria Sobreira Anastácio, de 43 anos, mora na Fazenda São Tomaz na Rua Antonio Rafael de Lima, 88 Vila Padre Cícero (Palmeirinha) em Juazeiro, onde o corpo será velado tão logo chegue nesta quinta-feira. Ela entrou em estado de choque desde que soube da notícia na noite de ontem. Hoje cedo, em conversa com a nossa reportagem, Dona Lígia falou que seu filho veio passar o período de festividades juninas em Juazeiro.
No último dia 29 de junho ele retornou à Castanhal - município situado a uma distância de 65 Km para a capital Belém - onde residia com o seu pai José Tomaz Neto, de 57 anos, o qual trabalha na mesma atividade. Conforme acrescentou, Kaio vinha periodicamente comprar semi jóias em Juazeiro e revendia no Pará, cuja atividade começou a desenvolver nas viagens junto com o pai desde os 20 anos. O sepultamento do corpo do rapaz será nesta quinta-feira no Parque Anjo da Guarda em horário a ser definido.
Fonte: Miséria           

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.