Blog Rômulo Lima

Na sessão dessa terça-feira (30), os vereadores de Serrita decidiram colocar em pauta mais uma vez a situação do filho de Raimundo Jacó, Francisco Jacó, que está vivendo em estado de miséria com um filho na zona rural de Bodocó. Os parlamentares entraram em consenso de que alguma coisa urgente precisa ser feita para ajudar os descendentes do vaqueiro que deu fama à Serrita.
De acordo com o site Radar Net, os vereadores defenderam que Francisco Jacó e seu filho tenham um espaço de destaque na edição deste ano da Missa do Vaqueiro e que uma parte dos recursos deve ir para eles ainda este ano. Carlos Peixoto defendeu que deve ser criada uma comissão para visitar os parentes de Raimundo Jacó lá em Bodocó.
Já o vereador Heron Canejo afirmou que é preciso realizar uma audiência pública para discutir todas as providências que devem ser tomadas. “Quero saber se a lei do rateio dos recursos oriundos da Missa do Vaqueiro está em vigor, já que o projeto de lei foi aprovado e o poder executivo ficou em silêncio nestes dez anos. Vamos visitar os filhos, em Bodocó, não podemos ficar só vendo-os pelo facebook. Vamos lá, todos nós. Sou favorável, ainda, que o Governo de Pernambuco ou a prefeitura de Serrita conceda uma pensão vitalícia, pois Raimundo Jacó é um patrimônio cultural”, resguardou.
Do Blog Alvinho Patriota

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.