Blog Rômulo Lima

Nesta quarta (12) e quinta-feira (13) a Terra passa pela órbita do cometa Swift-Tuttle quando ocorrerá o momento mais intenso do ano da chuva de meteoros das Perseidas. O brilho que será visto no céu são os rastros deixados pelas partículas ejetadas pelo cometa queimando no atrito com a atmosfera.
A chuva de meteoros poderá ser vista a olho nu com mais intensidade nas regiões Norte e Nordeste do país devido à trajetória do Swift-Tuttle. No entanto, para quem mora em grandes centros urbanos, será difícil enxergar o fenômeno. A poluição e forte iluminação nesses locais dificulta a visão dos rastros.
Os astrônomos informam não haver nenhum risco para o planeta, pois as partículas são extremamente pequenas e se dissolvem antes de colidir com o chão. No máximo podem ocorrer algum problema com satélite, mas essa possibilidade também é apontada como remota. [Via Nasa e AEB]
Do Mundo Bip
Foto: Nasa/Divulgação.

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.