Blog Rômulo Lima

26ª edição da 'Festa da Saudade do Gonzagão' será neste domingo (2).
Evento acontece, a partir das 11h, no Parque Aza Branca.
O cantor e compositor Luiz Gonzaga do Nascimento, natural de Exu, no Sertão pernambucano, foi um dos mais importantes músicos do Nordeste. Com sua famosa sanfona branca, o artista gravou mais de 40 discos e foi um dos maiores divulgadores dos ritmos populares da região, o que lhe rendeu o apelido de “Rei do Baião”. Para lembrar o legado do cantor, será celebrada a 'Festa da Saudade do Gonzagão' neste domingo (2), em sua cidade natal, data em que são completados 26 anos de seu falecimento.
As homenagens ao músico serão no Parque Aza Branca, local onde estão o acervo, o museu e o mausoléu do artista. De acordo com o presidente da organização não governamental (ONG) que administra o parque, Francisco Parente Júnior, as celebrações começam com uma missa, a partir das 11h, que deve atrair cerca de mil pessoas.
“A missa acontece embaixo do pé de juazeiro como brincamos, ou seja, em um palco próximo a dois pés da árvore”, contou Parente. A cerimônia religiosa deve contar com a presença dos forrózeiros Targino Gondim e Joquinha Gonzaga. A escolha do local faz referência a “Juazeiro”, uma das mais famosas canções de Luiz Gonzaga.
É também à sombra das árvores que segue a programação da Festa da Saudade. A parti das 16h, mais de 20 cantores e bandas se apresentam no palco do Parque. Além de Targino e Joquinha, devem fazer shows no domingo os cantores Flávio Leandro, Zézinho do Exu, Jorge do Acordeon, Jaiminho de Exu, Jesus Sanfoneiro, Tárcio Carvalho, Joãozinho do Exu, as bandas Sotaque Nordestino, Novo Estilo, Seguidores do Rei e outras atrações locais.
“A festa deve virar a madrugada. É um evento tradicional que atrai uma média de 3 mil a 4 mil pessoas. Vem gente de várias cidades de Pernambuco e de outros estados, como Bahia e Ceará”, afirmou o presidente da ONG. A entrada para o evento é franca.
Do G1 Petrolina

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.