Blog Rômulo Lima

Umidade relativa do ar nessa região deve atingir valores abaixo de 20%.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), um nível considerado aceitável deve estar acima dos 30%

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac) divulgou um alerta de baixa umidade para o Sertão do Estado. De acordo com o órgão, a umidade relativa do ar nessa região deve atingir valores abaixo de 20% no período da tarde em grande parte do Sertão, com temperaturas acima de 36°C. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), um nível considerado aceitável deve estar acima dos 30%. A previsão é válida até a terça-feira (15).
O fenômeno seria ocasionado por uma massa de ar seco que se concentra no Sertão pernambucano e está inibindo a formação de nuvens e propicia a elevação das temperaturas e a redução da umidade relativa do ar.
A baixa umidade do ar pode causar uma série de problemas, como complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas; sangramento pelo nariz; ressecamento da pele; irritação dos olhos; além de aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.
Da Editoria de Cidades
Do JC Online

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.