Blog Rômulo Lima

Festa ocorre anualmente em Barbalha, no Ceará, e atrai milhares de fiéis.
Iphan aprovou evento como patrimônio nacional por unanimidade.
O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) decidiu por unanimidade nesta quinta-feira (17) incluir a Festa do Pau da bandeira de Santo Antônio de Barbalha, no Ceará, como Patrimônio Cultural do Brasil. A Festa é uma tradição realizada anualmente na cidade e atrai centenas de milhares de fiéis católicos, segunda a prefeitura do município.
Os festejos a Santo Antônio de Pádua ocorrem desde o final do século XVIII, quando foi erguida uma capela em devoção ao santo, dando origem ao desenvolvimento da cidade de Barbalha. São treze dias de festa em homenagem ao padroeiro. A data central é o domingo mais próximo de 31 de maio, dia do Carregamento e Hasteamento do Pau da Bandeira.
A festa é um evento que envolve praticamente todos os segmentos sociais da localidade, demonstrando um protagonismo claro dos Carregadores do Pau, grupo formado por representantes das classes populares de Barbalha, responsáveis pela escolha e corte do tronco que será transformado no mastro. No dia do Carregamento, que acontece desde 1928, eles percorrem os cerca de sete quilômetros que separam o local de preparação do mastro e a Praça da Matriz de Santo Antônio no centro de Barbalha, com o Pau da Bandeira às costas.
A comunidade católica é responsável pela Trezena – ciclo de orações onde a imagem do santo peregrina por diversas casas durante os 13 dias que separam o 31 de maio e o dia de Santo Antônio. Por fim, em 13 de junho, ocorre a procissão de Santo Antônio que fecha o ciclo festivo com uma missa na Igreja Matriz. Uma enorme gama de ofícios, celebrações e formas de expressão são acionadas por diferentes grupos. O Cortejo do Pau é um deles e vem cercado por celebrações e rituais que conformam o grande complexo que a Festa se tornou, com destaque para o Desfile de Folguedos.
O pedido de registro da Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio de Barbalha (CE) como Patrimônio Cultural do Brasil foi apresentado pela Prefeitura Municipal de Barbalha com endosso da Superintendência do Iphan-CE, do Instituto Cultural do Vale Caririense (ICVC), do Centro Pró-Memória de Barbalha Josafá Magalhães, do Presidente da Câmara Municipal e da União das Associações de Barbalha (UNAB), e com a anuência dos representantes e membros de grupos de carregadores do pau e outros grupos participantes da festa.
Do G1 Ceará
Foto:Tito Livônio/Pixel

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.