Blog Rômulo Lima

Certidão aponta 'falência múltipla de órgãos e intoxicação medicamentosa'.
Secretaria de Saúde diz que aguarda documentação para acionar Cremepe.
Uma recém-nascida de 10 dias morreu vítima de um suposto erro médico, após dar entrada na Unidade Mista de São José, em Bezerros, no Agreste pernambucano. Segundo a mãe, o bebê teve cólicas e foi atendido no domingo (13), mas começou a passar mal depois de ingerir um remédio recomendado pelo médico. No mesmo dia, a criança precisou ser transferida para Caruaru, onde morreu na quinta-feira (17). De acordo com a família, a causa apontada na certidão de óbito é falência múltipla de órgãos e intoxicação medicamentosa.
Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde de Bezerros informou que aguarda os documentos que estão com a família - atestado de óbito e prescrição do médico - para que "possa acionar o Cremepe [Conselho Regional de Medicina de Pernambuco], que deverá conduzir a investigação de erro". O departamento explica também que o médico "não faz parte do quadro de funcionários contratados da unidade e estaria substituindo uma médica que teria se ausentado por motivos pessoais".
A agricultora Amanda Santos, 22 anos, mãe do bebê, detalha o ocorrido. "Ele passou uma dose com 10 gotas do remédio a cada oito horas. Na primeira dose, minha filha começou a passar mal. Levamos para um hospital de Caruaru, ela ficou em coma, e ontem de madrugada morreu. Espero que ele pague pelo que fez, porque tirou uma vida de mim, né?".
O pai da criança, Wellisson Sérgio do Nascimento, afirmou que a filha saiu de casa com cólica e piorou após o medicamento. "Ela saiu de casa chorando como um bebezinho que tem cólica, mas depois dessa medicação ela ficou roxa, paralisada, mole e não tinha mais reação nenhuma".
Amanda Santos disse que vai lutar por justiça. "Se não tomar providência, do jeito que aconteceu comigo, amanhã vai acontecer com outras mães. O que eu puder fazer para conseguir justiça, eu farei. Porque só quem sabe a dor da perda sou eu".
Do G1 Caruaru

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.