Blog Rômulo Lima

Bebê, com cerca de um mês, nasceu em Caruaru.
Mulher negociou compra por WhatsApp. 
Uma mulher foi presa após tentar registrar um bebê em Minaçu, no estado de Goiás, nessa quarta-feira (9). De acordo com informações da Polícia Civil, Dian Karla Batista Gonçalves teria negociado a criança com uma gestante de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, por R$ 2.500. A negociação teria sido feito através do WhatsApp. O bebê tem cerca de um mês.
De acordo com o delegado de Minaçu Rhaniel de Almeida Pires, a suspeita afirmou que teria tido o filho sem nenhum acompanhamento médico em uma viagem ao estado do Pará, mas depois entrou em contradição e confirmou ter comprado o menino. Comprovantes de depósitos bancários realizados em nome da mãe biológica do menino foram apreendidos.
A Polícia Civil informou ainda que a mulher que vendeu o bebê será investigada por doação ilegal. Já a suspeita de comprar a criança teve a prisão preventiva pedida pela polícia e deve responder por crimes de falsidade ideológica e por receber criança de terceira pessoa mediante pagamento. O bebê foi encaminhado ao Conselho Tutelar de Minaçu.
Núcleo SJCC/Caruaru
Do NE10 Interior

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.