Blog Rômulo Lima

Conta de R$ 108,18 foi paga após ser perdida em shopping de Fortaleza.
Dinheiro estava embrulhado no boleto.
Uma vendedora de Fortaleza passou por uma situação incomum após perder um boleto e o dinheiro para o pagamento, em um shopping do Bairro Jóquei Clube. Lessa Mendes, que trabalha em uma livraria do shopping, conta que pediu a uma colega para pagar a fatura da sogra, mas a amiga perdeu o documento e  R$ 110. "Acionamos os seguranças do shopping para saber se alguém havia localizado e já tínhamos dado como perdido, mas um segurança foi à loja e voltou com a notícia de que uma mulher havia pago a conta e ainda deixou o troco", explicou.
O episódio ocorreu em 8 de setembro, mas o primeiro contato entre a família de Lessa e os responsáveis pelo pagamento ocorreu nesta semana, quando a sogra dela visualizou uma mensagem no Facebook deixada pelo marido da mulher que pagou a conta.
Casal encontrou boleto
O pagamento da fatura perdida foi feito pela desempregada Raquel Melo, que encontrou o documento quando estava com o marido no shopping. "Ele abriu o papel e o dinheiro estava embrulhado. Nos olhamos e já pensamos 'Vamos pagar, né?'", conta. A própria Raquel fez questão de ir ao caixa da loja e pagou a fatura e pediu para as atendentes avisarem à cliente que a conta havia sido paga.
A desempregada afirma que gestos como o que realizou não a surpreendem. "Para mim, isso é normal. Acredito que da mesma forma que aconteceu comigo, também possa acontecer com outras pessoas que encontram contas perdidas por aí", ressalta. Nas redes sociais, o contato entre as duas famílias aconteceu de forma recepetiva. "Ela nos agradeceu e disse que não acreditava que ainda existiam pessoas honestas", relata Raquel sobre as mensagens da sogra de Lessa.
'Vou me policiar mais'
A nora, que compartilhou uma mensagem de agradecimento que teve mais de 290 compartilhamentos no Facebook até a tarde desta segunda-feira (21), disse ao G1 que ficou "extremamente aliviada" com a atitude de Raquel e que vai tirar outras lições do episódio. "Minha colega de trabalho já havia se prontificado a me dar o dinheiro da conta, mas felizmente não foi preciso. Também vou me policiar mais porque não gosto de pagar as contas de ninguém, já que é complicado quando situações dessas acontecem. Tivemos muita sorte", afirma.
Elias Bruno  
Do G1 CE

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.