Blog Rômulo Lima

Natália Sarraff contou a um amigo por mensagem de celular que o padrasto a assediava quando ela tinha cerca de 12 anos.
Rio - As novelas mexicanas, com enredos cheios de conflitos, ficam bem aquém da trama Joelma x Chimbinha. Como se não bastasse todas as notícias bafônicas que envolveram a separação do casal, como ameaças, traição e supostas agressões, agora mais um personagem entra em cena na história para dividir o protagonismo com os músicos da banda Calypso: Natalia Sarraff, de 25 anos, filha de Joelma. Ela acusa o ex-padrasto de assédio em uma conversa no WhatsApp, que vazou na internet na tarde desta terça-feira.
“Isso é verdade, mas eu não posso falar mais nada”, confirmou Natalia, ao ser procurada pelo DIA. Ela foi orientada pela família e pela assessoria a não dar mais detalhes sobre o assunto. “Acordei com ele me apalpando”, dizia a parte mais chocante da mensagem. Ela detalhou que isso aconteceu durante a noite, quando ela ainda era uma criança e que, depois do episódio, passou a ter um pé atrás com o guitarrista.
“Eu o tinha como um pai. Isso eu tinha mais ou menos uns 12 anos ou menos. Só lembro que foi em uma das minhas férias que passei com eles. Desde aí fiquei com medo e também não falei para ninguém”, diz o texto enviado pelo aplicativo.
As revelações não se resumem ao suposto abuso sofrido por Natalia, ela ainda faz questão de dizer que as brigas entre a mãe e o padrasto eram constantes. “Desde criança presenciei muita coisa, por isso nunca gostei dele. Já vi ele brigando com minha mãe. Em uma das brigas, minha tia Joselma foi pra cima dele e não deixou ele bater nela, pois se ele batesse nela, ele iria se ver com ela”.
Foi por pouco que a empregada não entrou na dança e ganhou uma sarrada de Chimbinha, pelo que Natalia conta. “Ele já correu atrás de uma empregada nu”, comenta a jovem, sem explicar o motivo do devaneio do músico.
Apesar dos relatos vividos durante a infância ao lado de Joelma e Chimbinha, Natalia não morava com os dois, ela foi criada pelos avós, em Belém, no Pará.
A relação de Joelma com a filha ficou estremecida por muito tempo por conta da divergência de interesses profissionais das duas, tanto que no início deste ano as duas nem se falavam. Mas parece que elas voltaram às boas e o caso do suposto assédio de Chimbinha está nas mãos da mãe. O conflito é tão grave que um gerenciador de crise foi contratado para cuidar da imagem do cantor.
Em nota para a imprensa, Chimbinha declarou: “Venho a público lamentar mais uma vez informações deturpadas e inverídicas que visam unicamente prejudicar minha imagem num momento de renovação profissional".
Ele nega a informação e diz que medidas judiciais cabíveis serão tomadas para preservar sua imagem. O comunicado fala ainda que Chimbinha deve anunciar sua nova vocalista na próxima semana, e é taxativo ao afirmar que apesar de todas inverdades levantadas até agora, continuará focado única e exclusivamente no trabalho que vem desenvolvendo no repertório e na estruturação da sua nova banda. E finaliza: “Transformei uma banda do Norte num dos maiores fenômenos musicais do Brasll. E não fiz isso com fofoquinhas. Fiz isso com música e muito trabalho!”
Fonte: O Dia

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.