Blog Rômulo Lima

A troca de experiências e saberes foi o que motivou o intercâmbio entre agricultores familiares, professores de escolas rurais de Ouricuri (PE), no Sertão do Araripe, e estudantes na última quarta-feira (21). O encontro aconteceu nos sítios Caracuí e Marmeleiro no município de Bodocó, também no sertão do Araripe.
Na ocasião, o grupo percorreu as hortas agroecológicas onde são plantadas diversas culturas que têm gerado renda e uma melhor qualidade na alimentação das famílias que vivem na localidade. Além disso, diversas práticas foram realizadas para estimular e propiciar novos conhecimentos aos participantes, a exemplo da cobertura morta, traçado e plantio em garrafas pet.
O evento envolveu professores que estão participando de capacitações em educação contextualizada e que cujas escolas estão recebendo cisternas de 52 mil litros por meio do Projeto Cisterna nas Escolas da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) em parceria com a Ong Caatinga.
Chamada de Ater
Já os agricultores que participaram do intercambio, fazem parte do grupo de cerca de 800 famílias que recebem assistência técnica e extensão rural por meio da Chamada de Ater Agroecologia.
Nas comunidades visitadas, a produção de hortaliças já tem rumo certo: além da alimentação das famílias, parte do que se colhe é comercializado na feira agroecológica de Ouricuri; outra parte é fornecida para o Empório Kaeteh e Copagro que por sua vez repassa para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) do município.

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.