Blog Rômulo Lima

Com a decisão do tribunal, o Bode do Araripe está fora da Série A-2, enquanto a Coruja vai disputar a vaga na primeira divisão do estado contra o Vitória-PE.
Tudo indica que o imbróglio na Série A2 do Pernambucano chegou ao fim. E o final não foi da forma que o Araripina esperava. Isso porque, após o Afogados ter sido punido pelo TJD-PE e recorrer da decisão, a Coruja acabou sendo inocentada pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco, no julgamento que aconteceu na noite da última terça-feira. Um golpe duro na diretoria, comissão técnica e torcedores do Bode, que acreditavam na conquista da vaga na semifinal da competição.
O técnico do Araripina, Willians Rodrigues, por exemplo, demonstrava confiança que a punição ao Afogados seria mantida.  Cheio de questionamentos, o treinador diz que foi surpreendido com a notícia da absolvição.
– A minha reação foi de não acreditar. Fiquei muito surpreso. Como é que pode? Os próprios caras julgam e os próprios caras desfazem. Como é que pode uma coisa dessa? Que critério é esse? É muito difícil compreender isso – declarou Williams.
O treinador do Bode reclamou da maneira como a Série A2 foi conduzida. Para Williams, o excesso de problemas mancha o futebol pernambucano. 
– É decepcionante a forma como esse campeonato foi complicado. Do começo até o fim foi complexa e está terminando da forma que está: no tribunal. É uma decepção total para o futebol pernambucano. Pois a gente não sabe mais o que é certo no futebol, pois o errado está sendo certo. Eu não sei mais o que é certo ou errado – lamenta o treinador, se referindo as decisões nos julgamentos.
Mais revoltado, o presidente Borba Sampaio criticou veemente a reviravolta na decisão do tribunal.
- Achei o maior absurdo que vi na vida. Rasgaram tudo, todas as leis. Temos que ser bem sinceros: nem o Belo Jardim e nem o Afogados deveriam disputar nada. O que vimos foi o maior absurdo do mundo. Como vai ficar o Araripina? O sertão? Quem vai patrocinar depois disso ter acontecido? A FPF e a justiça perderam a moral - desabafou o dirigente.
Ainda de acordo com Borba, o Araripina não jogou a toalha e vai tentar reverter a situação.
- Estamos entrando com um mandado de garantia hoje. Queremos outro julgamento. Não vamos entregar facilmente - promete.
Com a absolvição, o Afogados vai enfrentar o Vitória-PE na semifinal da Série A2. O vencedor garante presença na primeira divisão do ano que vem e disputa a final da segundona contra o Belo Jardim.

* Henrique Almeida, sob supervisão de Emerson Rocha

Por
Araripina,PE

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.