Blog Rômulo Lima

Na manhã deste domingo (15) um bebê de um mês e três dias de vida foi encontrado morto na mesma cama onde dormia com a mãe no setor Jardim Cristal em Aparecida de Goiânia (21 km de Goiânia). De acordo com a Polícia Civil, o bebê havia dormido na mesma cama com a mãe de 22 anos e o companheiro dela de 28 anos. Segundo o delegado André Bottesini do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH), a criança não apresentava sinais de maus tratos.
O delegado trabalha com duas hipóteses. “Há a suspeita de que a mãe tenha rolado sobre a criança e a sufocado sem querer ou a criança pode ter engasgado com o próprio vômito”, explica o delegado. Ainda segundo o delegado, a mãe teria amamentado seu filho por volta das 02 horas da manhã e depois adormeceu. Diante disse, ela tirou o bebê do peito e o colocou para dormir sem fazê-lo arrotar.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi até o local, mas apenas constatou a morte da criança. Conforme a médica Denise Peres Mendonça, a hipótese mais provável é que o bebê tenha se sufocado com o próprio leite. “Chamamos esse caso de bronco aspiração. Como ela não arrotou, acabou vomitando e aspirando”, explica a médica. A polícia abriu inquérito para apurar o caso. Se ficar constatado que houve negligência da mãe, ela pode responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.
Fonte: Plantão Policial

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.