Blog Rômulo Lima

Acidente ocorreu na manhã desta terça-feira em Barbalha, no Sul do Ceará.
Segundo funcionários da obra, vítima ficou soterrada por mais de uma hora.
Um operário morreu na tarde desta terça-feira (17) quando trabalhava na construção de casas do Programa Minha Casa  Minha Vida, do Governo Federal, no município de Barbalha, no sul do Ceará.
Carlos Freitas era bombeiro hidráulico, trabalhava nas obras de saneamento básico do conjunto habitacional na zona rural do município, quando uma barreira desmoronou. De acordo com funcionários da obra, Carlos ficou soterrado por mais de uma hora.
O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas não conseguiu resgatar o operário com vida. “Fomos chamados para resgatar esse trabalhador de uma vala da obra de saneamento. Tinha muita terra em cima dele, que estava a cerca de oito metros de profundidade, explica o capitão Vieira Júnior, do Corpo de Bombeiros. "Como tinha risco de novos desabamentos, fizemos  barreiras de contenção com a ajuda da empresa. Foi um resgate difícil, e infelizmente não conseguimos salvar o trabalhador”, conta.
Do G1 CE

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.