Blog Rômulo Lima

Após a missa de corpo presente do filho Jhonny Moura, 22, assassinado na madrugada de domingo na saída de uma festa no bairro Dunas, a mãe do jovem, Patrícia Moura, 44, afirma que perdoa o assassino do filho.
Com um gesto de misericórdia após a perda do filho, a professora Patrícia Moura, 44, afirmou que perdoa o homem que matou Jhonny Moura, 22. O jovem foi assassinado na madrugada de domingo, 27, quando saía de uma festa no bairro Dunas, em Fortaleza, com um tiro na cabeça.

“Dá pra perdoar? Dá sim. Dá pra perdoar sim. Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. O pai ama o correto, ama o errado. Ele briga e luta por aquele desviado do caminho. Deus ama meu filho e ama esse rapaz que tirou a vida dele com a mesma intensidade”, ensinou Patrícia, logo após a missa de corpo presente e pouco antes do sepultamento.

A professora disse que espera que o assassino seja identificado e punido para que não cause esta dor a outras famílias. “Se ele teve coragem de fazer uma vez, tem costume de fazer e vai fazer novamente. Que ele não cause dor e tristeza em tanta gente como quando tirou a vida do Jhonny”.

Redação O POVO Online 
com informações da repórter Domitila Andrade

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.