Blog Rômulo Lima

Raul Fonseca Machado foi morto em propriedade rural no domingo (20). 
Ele foi baleado em uma troca de tiros com assaltantes, diz Polícia Militar. 
O prefeito de Rio Claro, RJ, Raul Fonseca Machado (PSD), foi morto a tiros na noite de domingo (20), no sítio onde morava com a esposa. A propriedade fica às margens da rodovia RJ-155 (Rodovia Saturnino Braga), no bairro Graminha, 4 km distante do Centro da cidade. 

De acordo com a Polícia Militar, quatro homens armados e encapuzados entraram na propriedade e renderam o casal. Segundo informações obtidas pela TV Rio Sul, Dr. Raul, como era conhecido, foi baleado em uma troca de tiros com os criminosos. O corpo dele foi encontrado em um dos quartos. A primeira-dama não se feriu. 

Os bandidos fugiram levando dois carros que pertenciam ao prefeito — dois automóveis dos mesmos modelos foram encontrados incendiados às margens da Via Dutra, em Piraí. Durante a madrugada, foi feita perícia no local do crime. Policiais disseram à equipe de reportagem da TV Rio Sul que a residência estava revirada, e que nenhum empregado estava na propriedade. 

A assessoria de comunicação da prefeitura confirmou que há várias câmeras de segurança no sítio, e as imagens serão encaminhadas à polícia para ajudar na investigação. A principal suspeita é latrocínio (roubo seguido de morte). 

Dr. Raul tinha 59 anos, era médico e estava no terceiro mandato — venceu as últimas eleições com 56,60% dos votos válidos. O velório acontece na Câmara Municipal desde as 10h. O horário do sepultamento não havia sido definido — um irmão dele, que mora no nordeste, é aguardado para o enterro. 

Prefeitura decreta luto oficial de três dias 
A prefeitura, através da assessoria de comunicação, decretou luto oficial de três dias pela morte do prefeito. Quem assumirá o poder público no município será o vice-prefeito, Sebastião Inácio Rodrigues (PSD), conhecido como Tico Tico, de 61 anos. Ele será empossado às 9h de terça-feira (22), na sede da prefeitura, no Centro. 

Governador lamenta morte 
O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), através do núcleo de imprensa do Governo do estado do Rio de Janeiro, lamentou a morte do prefeito de Rio Claro. 

Veja a íntegra: 

"Lamento profundamente a morte trágica e brutal do prefeito Raul Fonseca Machado. As nossas polícias já estão investigando o caso. Não podemos deixar de acreditar na Justiça. Rogo a Deus que sua família seja consolada."

Do G1, em São Paulo

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.