Blog Rômulo Lima

O Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, realizou ontem um encontro no município de Gravatá para discutir os problemas da saúde do estado e convocou todos os prefeitos pernambucanos. Cerca de 130, dos 184 prefeitos estavam no encontro, além de alguns secretários de saúde que buscam melhorias para cada município.
O Prefeito de Araripina Alexandre Arraes e mais alguns prefeitos do Sertão do Araripe estiveram presentes discutindo e analisando a situação de momento, Pernambuco já decretou estado de emergência devido o avanço da microcefalia.
A microcefalia é uma doença em que a cabeça e o cérebro das crianças são menores que o normal para a sua idade, influenciando o seu desenvolvimento mental.
Geralmente, a microcefalia está presente quando o tamanho da cabeça de uma criança com um ano e três meses é menor que 42 centímetros. Isto ocorre porque os ossos da cabeça, que ao nascimento estão separados, se unem muito cedo, impedindo que o cérebro cresça normalmente.
A microcefalia é uma doença grave, que não tem cura, e a criança que a possui pode precisar de cuidados por toda a vida, sendo dependente para comer, se mover e fazer suas necessidades, dependendo da gravidade da microcefalia que possui e se ela possui outras síndromes além da microcefalia.
O Governo do Estado afirmou que já dispõe de recursos da ordem de R$ 25 milhões para o enfrentamento. R$ 5 milhões serão investidos em campanhas publicitárias, visto que precisa ser dada uma mídia forte para que a sociedade seja notificada e tome os cuidados necessários. Outros R$ 5 milhões devem ser investidos na aquisição de EPI’s e R$ 15 milhões em investimentos nas unidades hospitalares de cada município.
O ministro da Saúde, Marcelo Castro, que participou do encontro admitiu que o Brasil não combateu o mosquito Aedes aegypti, “para vencer” –o que teria levado o país enfrentar uma epidemia de zika, febre chikungunya e dengue em 2015, com mais de 1,5 milhão de casos.
Segundo o prefeito Alexandre Arraes, os prefeitos do Araripe que integram o CISAPE devem se reunir na próxima sexta-feira para traçar metas de enfrentamento a microcefalia em cada município da região. Dentre os prefeitos do Araripe estavam no encontro Ewerton Costa (Trindade), Cesar de Preto (Ouricuri), Danilo Rodrigues (Bodocó), Gildevan Melo (Santa Filomena).

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.