Blog Rômulo Lima

Dr. Cássio de Alencar Castro, médico anesteseologista, diretor regional do Sindicato dos médicos de Pernambuco denuncia através do vídeo gravado para o Portal do Araripe a situação precária dos hospitais da região, em especial o Hospital Fernando Bezerra e Mãe Coruja em Ouricuri, sertão de Pernambuco.
O médico chama a atenção dos prefeitos do Araripe para que cada um faça a sua parte, pois a superlotação no Fernando Bezerra está causando um cenário desumano para as pessoas, principalmente as gestantes.

Preocupado com este quadro, Dr. Cássio diz sentir-se incomodado com a situação desumana que estão passando as gestantes, e por isso quer deixar claro que o Sindicato dos médicos está solidário com essa luta para buscar melhorias na solução do problema.

Nós gostaríamos de fazer algo mais do que fazemos, mas as condições são precárias. Em relação ao Mãe Coruja frequentemente a gente vê as gestantes, em muitas vezes, logo após o período de curetagem ficarem nos corredores mal acomodadas e isso nos chama a atenção e nos choca” relata Dr. Cássio.

O médico também cobra que os prefeitos façam a sua parte nos municípios pois estão acomodados. e neste sentido. precisam fazer uma melhor triagem para que não superlotem o hospital e aconteça o que está acontecendo; uma situação desumana.

Dr. Cássio explica que o Hospital Fernando Bezerra melhorou muito nos últimos tempos mas precisa melhorar bem mais. Para o médico anesteseologista, está faltando força de vontade política para resolver o problema, ele alega também que se fala muito em crise mas todos sabem que os recursos existem e que essa situação precisa ser resolvida urgentemente.

Quanto aos municípios, toda a região sabe que a acomodação dos prefeitos na área da saúde é um fator de realidade na maiorias das cidades, pois os pacientes com casos simples ou um parto normal simples assim que dão entrada nos hospitais municipais logo são encaminhados para o Hospital FB, superlotando e com isso causando aos pacientes momentos desagradáveis com um cenário de humilhação e desprezo, onde as pessoas são jogadas nas macas nos corredores aguardando vagas.

O apelo do médico é louvável e humano. Espera-se com isso que a voz de Dr. Cássio chegue aos prefeitos, secretários de saúde, deputados, governador e ministério da saúde.

O Araripe agradece a atitude do médico preocupado com a população em estado de tamanho descaso.

  

Por Lusimar Lima
Vídeo: Portal do Araripe

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.