Blog Rômulo Lima

Na audiência de hoje (22/03) da Câmara Municipal de Bodocó, o vereador Dário Brito denuncia mais uma vez o quadro de total precariedade no âmbito das instalações estruturais do Abatedouro Público Municipal de Bodocó que está em estado de calamidade pública, sem condições de funcionamento, podendo prejudicar a população quanta a contaminação de doenças provocadas através do consumo da carne abatida neste local.
Segundo o que está publicado na página do facebook do Vereador Dário, o secretário de agricultura, Robson saraiva, foi convocado pela Câmara para dar explicações sobre o caso e encontrar alternativas para as melhorias do matadouro que não pode, sob nenhuma hipótese continuar da forma como está. O secretário não pôde comparecer, mas continua sendo aguardado na Câmara.

O local, além de irregular para o abatimento dos animais, também passa por um processo de putrefação. As imagens mostradas por este blog em matéria do dia 04 de março deixa claro a situação preocupante a que se encontra o Matadouro de Bodocó.

Além disso, vale voltar a atenção para os cuidados que devem ser tomados nos casos da água suja e parada que transcorre no local e que passa a ser um forte aliado para o acesso e a proliferação do mosquito Aedes aegypti que está levando terror as pessoas de todo o estado e em Bodocó, onde grande parte da população reclama da tal chikungunya, e mais sério ainda, sobre os casos de Microcefalia causado às gestantes. 

A população aguarda que a Câmara se posicione o mais rápido possível para que possa ser investigado, autuado e resolvido este caso que é de saúde pública e que afeta diretamente toda a população.

veja algumas imagens mais uma vez

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.