Blog Rômulo Lima

Parlamentares de Água Branca, no Sertão, recebem atualmente R$ 2.700.
 Projeto foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal.
A partir do ano que vem, os vereadores da cidade de Água Branca, no sertão da Paraíba, não vão mais ganhar R$ 2,6 mil. Segundo um projeto de lei aprovado na sexta-feira passada, os nove vereadores do município passarão a receber R$ 880, o equivalente a um salário mínimo. A mudança é válida a partir de 1 de janeiro de 2017, quando começa a nova legislatura. Água Branca fica a cerca de 400 km de João Pessoa e tem pouco mais de 10 mil habitantes, de acordo com o IBGE.

A medida não afeta o repasse mensal da prefeitura para a Câmara, que equivale à cerca de R$ 54 mil por mês. A proposta dos vereadores é economizar o valor e no final do ano realizar uma audiência pública com o prefeito e a comunidade para decidir o destino da verba. Estima-se que R$ 25 mil deva ser economizado por mês (R$ 300 mil por ano).

Os salários do prefeito e do seu vice também devem sofrer alterações. Há uma poposta já em discussão de reajustar o salário do prefeito de R$ 8 mil para R$ 5 mil e do vice-prefeito de R$ 4 mil para R$ 2,5 mil. "Os vereadores da cidade irão baixar uma nova resolução para tratar da remuneração do prefeito. O projeto já está sendo debatido", comenta o prefeito da cidade Tarcísio Firmino (PSB). A partir do próximo ano, os salários dos parlamentares serão reajustados seguindo o aumento nacional do salário mínimo, que acontece em janeiro. O projeto é valido por toda a próxima legislatura, que vai até 2020.

Por: Diario de Pernambuco

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.