Blog Rômulo Lima

Programa oferece oportunidade de realizar, gratuitamente, todas as etapas do processo.

O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) está com inscrições abertas para a obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Para participar do processo seletivo, os candidatos têm até o dia 4 de dezembro para efetuar o cadastramento no site do Detran.

Clique para se inscrever 

Nesta edição, o Programa vai beneficiar 4.504 cidadãos, divididos igualmente entre a Região Metropolitana do Recife (RMR) e o interior. Eles terão a oportunidade de realizar, gratuitamente, todas as etapas do processo e o resultado da classificação estará disponível pelo site a partir do dia 14 de dezembro. Nesta rodada, serão beneficiados exclusivamente os candidatos à CNH para conduzir veículos de duas rodas (categoria A) e automóvel (categoria B).

A iniciativa faz parte do Programa CNH Popular, que realiza também renovação, adição e mudança de categoria. O público-alvo são pessoas em situação social de vulnerabilidade, como cidadãos de baixa renda, desempregados, alunos e ex-alunos de escolas públicas, trabalhador com remuneração de até dois salários mínimos e beneficiários de programas assistenciais, como o Chapéu de Palha e o Bolsa Família. Criado em 2008, o projeto já investiu mais de R$ 100 milhões para habilitar mais de cem mil cidadãos pernambucanos a custo zero.

Como funciona: 
Ao fazer sua inscrição, o candidato preenche um cadastro onde informa dados que permitirão sua alocação num dos grupos contemplados pelo Programa. Além dos dados pessoais, devem ser informados o número de dependentes do candidato, a situação empregatícia, valor da renda, dentre outros. Finalizadas as inscrições, será disponibilizada e divulgada, no site do DETRAN/PE, a relação dos 4.504 selecionados de acordo com a ordem de classificação por segmento. Por fim, começa a fase de convocação, onde os candidatos devevem comparecem ao DETRAN/PE munidos da documentação exigida para cada segmento beneficiado, tendo em vista comprovar as informações prestadas no ato da inscrição. Estando tudo certo, o selecionado começa a usufruir o benefício.

Por Diário de Pernambuco

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.