Blog Rômulo Lima

Áreas mais atingidas serão o Sertão do Araripe e o Sertão do São Francisco, de acordo com a Inmet.
O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um aviso especial nesta segunda-feira (28) informando que "persistem condições meteorológicas favoráveis à ocorrência de baixa umidade relativa do ar".

De acordo com o meteorologista Francisco de Assis Sousa Santos, que assina o comunicado, as áreas mais atingidas serão o Sertão do Araripe e o Sertão do São Francisco. A umidade relativa deve ficar entre 30% e 20% (perigo potencial) nos sertões.

"O sistema de alta pressão causa a descida do ar. Como está descendo, ele desce seco", explica o meteorologista. A umidade deve ficar baixa nestas áreas pelas próximas 48 horas, e deve voltar a subir a partir de quarta-feira (30).

A situação pode provocar complicações alérgicas e respiratórias na população, devido ao ressecamento de mucosas, além do sangramento pelo nariz, ressecamento da pele, irritação dos olhos, eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos, e o aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.

Medidas podem ajudar a diminuir problemas 
Em um cenário com a umidade entre 30% e 20%, a população pode tomar algumas medidas para diminuir os problemas causados, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). As pessoas devem evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h; umidificar o ambiente com o uso de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins, entre outros; além de consumir água à vontade.

Fonte: NE10 Interior | Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.