Blog Rômulo Lima

Candidatos estão inelegíveis pelos próximos oito anos. 
Decisão ocorreu em primeira instância e ainda cabe recurso.
 
O prefeito reeleito de Trindade, no Sertão de Pernambuco, Everton Costa, do PSB, e o vice, Jaécio Sá, do PSD, tiveram os diplomas cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco. Segundo a justiça, os dois estão inelegíveis por oito anos. A decisão cabe recurso.

A decisão foi tomada em primeira estância pela juíza eleitoral Fernanda Vieira Medeiros, da 133ª Zona Eleitoral. A acusação é de abuso de poder econômico e político, utilização de propaganda institucional de forma irregular, além de arrecadação irregular de dinheiro.

A assessoria de Everton Costa e Jaécio Sá informou que até o momento nem o PSB, nem os dois candidatos foram informados oficialmente sobre a decisão de cassação dos diplomas eleitorais e dos direitos políticos dos dois. Logo que foram intimados, eles irão recorrer da decisão.

Taisa Alencar 
Do G1 Petrolina

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.