Blog Rômulo Lima

Segundo organizador, governo deve ainda verba do ano passado.
Sanfoneiros se reuniram para tocar voluntariamente.
A festa em homenagem ao aniversário de Luiz Gonzaga, o 'Viva Gonzagão', que acontece em Exu, no Sertão pernambucano, já tem mais de trinta anos de tradição. Mas para que o evento seja realizado é necessário que o governo do estado libere uma verba para a organização. Porém a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) vem diminuindo todos os anos o recurso destinado para festa, que este ano está ameaçada de nem acontecer, pelo menos, não da forma adequada para homenagear o Rei do Baião.

O sanforneiro Targino Gondim lamenta a falta de apoio. Para ele, o governo desvaloriza a figura que foi Luiz Gonzaga. “Eu acho que o governo está pecando por não estar dando o devido valor ao pernambucano do século. As pessoas têm que entender que Luiz Gonzaga não é apenas a música de Luiz Gonzaga ou a festa. Luiz Gonzaga impulsionou toda uma cadeia produtiva e todo mundo esquece disso. Os artesãos, tudo que acontece no Nordeste, a culinária e tudo que é vendido hoje. Precisa reaver isso”, declarou Targino Gondim.
Museu do Gonzação em Exu, PE (Foto: Reprodução/TV Grande Rio)
O dia 13 de dezembro é especial para os fãs de seu Luiz, que comemoram a data de aniversário do 'Velho Lua'. Se estivesse vivo, Gonzaga completaria 104 anos. A festa em Exu, mesmo sem o aniversariante, deveria ser grande, como em todos os anos. Mas fazer a homenagem parece ser cada vez mais difícil.

O outro sanfoneiro que não deixa de ir ao 'Viva Gonzagão' é Flávio Baião. O sanfoneiro, que teve sua vida musical baseada nos ensinamentos que Luiz Gonzaga vê a festa como importante não apenas de pessoas do Araripe, mas por admiradores de Luiz Gonzaga. “O poder público em geral, os governantes, os políticos não estão dando o valor merecido a Luiz Gonzaga, porque a festa reúne amigos. A gente percebe lá que vão pessoas de todas as partes do país, de todas as regiões, gente que vai de fora, do exterior para curtir a festa. É uma coisa bacana. Então a gente vê que a cidade gera muitos empregos. Espero que o governo de Pernambuco se sensibilize e possa, de alguma forma, contribuir pagando os artistas e os funcionários do parque Aza Branca”, disse Flávio.

Mas para não deixar morrer a tradição do 'Viva Gonzagão', os discípulos de Luiz Gonzaga resolveram, de forma voluntária, tocar e fazer a festa. Isso por amor ao rei do baião e ao autêntico forró nordestino.

De acordo com o organizador da festa, Junior Parente, o governo do estado propôs uma negociação para a realização da festa, que não foi aceita. “Eles dariam um cachê aos artistas no valor total de R$ 50 mil reais e tentariam pagar os atrasados do ano passado em que eles devem em torno de R$ 90 mil. A festa do ano passado custou um total de R$ 120 mil. Não concordamos porque o valor não chega nem perto de fazer uma festa deste porte. Para se ter uma ideia, tem artistas que cobram quase isso por cachê. Não dá para pagar um e pedir aos outros para tocarem de graça. Além disso temos a estrutura de som, banheiros químicos, por exemplo, e tudo mais para construir uma festa de uma tradição dessa”, explicou o organizador da festa.

Segundo Junior Parente, o governo de Pernambuco tem reduzido a cada ano o repasse feito à festa 'Viva Gonzagão' e isso tem prejudicado bastante às homenagens ao ícone do forró. “É necessário dizer que o estado vem ano a ano reduzindo esta festa. Em Exu as pessoas até dizem que a festa do Gonzagão vai acabar, porque de 2013 para cá, após o centenário, houve uma baixa. A festa vem sofrendo cortes até que chegou a este ponto de oferecer um valor que não dá para pagar possivelmente um cachê”, lamentou Junior Parente.

Em nota, o Governo de Pernambuco informou que “As negociações para o apoio deste ano, que aconteceram levando em conta a responsabilidade da gestão para com a atual situação financeira do Estado, não atenderam às expectativas da direção do Parque Aza Branca, onde acontece parte deste importante evento. No entanto, mantendo o compromisso com a Festa Viva Gonzagao, o Governo de Pernambuco efetuará o apoio ao evento através de parceria com a prefeitura de Exu”.


Do G1 Petrolina

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.