Blog Rômulo Lima

Os 46 novos juízes substitutos do Poder Judiciário de Pernambuco foram designados às comarcas onde passarão a atuar a partir de 2017. A escolha foi feita por cada um dos magistrados e respeitou a ordem de classificação do concurso.

A ata da reunião, homologada durante encontro realizado no gabinete da Presidência do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), no Recife, na última segunda-feira (5), em 5 de dezembro, está disponível na edição 222/2016 do Diário de Justiça eletrônico (DJe) desta terça-feira (6).
Os magistrados foram designados paras as seguintes comarcas e unidades vinculadas às circunscrições judiciárias: Altinho, Cabrobó, Petrolândia, São Bento do Uma, Brejo da Madre de Deus, Lagoa do Ouro, Iati, Macaparana, Palmeirina, Itapissuma, Afrânio, Santa Maria do Cambucá, Tracunhaém, Rio Formoso, Exu, Betânia, Buíque, Tabira, Ipubi Itaíba, Belém do São Francisco, Trindade, Santa Maria da Boa Vista, Serrita, Toritama, Custódia, Bodocó, Ibimirim, Orocó, São José do Belmonte, Mirandiba, Tacaratu, Lajedo, Inajá, Floresta, Araripina, Arcoverde, Ouricuri, São José do Egito, Serra Talhada e Sertânia.

Vinte e seis juízes iniciarão as atividades em janeiro de 2017; outros 20, a partir de março.

Durante a reunião, o desembargador-presidente Leopoldo Raposo lembrou o início de carreira na magistratura e falou sobre a importância de o juiz ser um bom gestor e saber desenvolver um trabalho em equipe. “É fundamental o bom atendimento às partes e aos advogados. Desejo muito sucesso ao longo da vida profissional dos novos magistrados no Judiciário do Estado”, declarou. 

Foto: reprodução

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.