Blog Rômulo Lima

Grevistas reivindicam, principalmente, melhorias na educação.
Servidores também pedem o cumprimento de acordos de greves anteriores.
Movimento de Greve do IF Sertão-PE em Ouricuri, PE (Foto: Comando de Greve IF Sertão-PE/ Divulgação)
Professores e técnicos administrativos do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão), Campus Ouricuri, no Sertão de Pernambuco, iniciaram nesta quarta (30) uma paralisação nas atividades. A greve, que segue por tempo indeterminado, foi deflagrada em assembleia realizada no último dia 20, pela Seção Sindical IF Sertão do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe).

O movimento segue as reivindicações nacionais, principalmente em favor de melhorias na educação. Entre as pautas estão a PEC 55, antiga PEC 241, que limita os gastos com setores como saúde e educação; a MP 746, que propõe mudanças no Ensino Médio; e o projeto Escola Sem Partido. Além dessas reinvidicações, os servidores também pedem o cumprimento de acordos de greves anteriores e melhores condições de trabalho.

Durante a paralisação, o Comando Grevista preparou uma série de atividades no campus, como oficinas, palestras, exibição de filmes e mesas redondas. As atividades são abertas para toda a comunidade. "A intenção é trazer a comunidade para esse luta, já que eles também serão prejudicados caso essas mudanças ocorram", salienta um dos professores do Comando. 

Ao final da greve, os docentes vão negociar a reposição da carga horária dos dias letivos parados e a reposição de atividades acumuladas.

Do G1 Petrolina

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.