Blog Rômulo Lima

Jovens tinham 18 e 23 anos. Com o impacto, corpos foram mutilados. 
Vídeo mostra jovens fazendo manobras e o momento do impacto da batida.
video
Imagens gravadas por populares registraram o momento de uma colisão entre duas motos que resultou na morte de dois jovens de 18 e 23 anos, neste domingo (12), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. De acordo com o Boletim de Ocorrência da Polícia Militar (PM), o acidente foi provocado durante uma disputa de um racha. O impacto da batida foi tão violento que chegou a mutilar os corpos das vítimas.

O acidente ocorreu na Avenida Principal do Loteamento Nova Petrolina. Pedro Henrique do Nascimento, de 23 anos, estava pilotando uma das motos. O outro condutor foi identificado como Carlos Eduardo Rodrigues de Souza, de 18 anos. Ainda segundo a polícia, os dois veículos bateram de frente.
 
No vídeo é possível ver um aglomerado de pessoas assistindo a disputa dos rachas. Os motociclistas que estão na via são visto empinando as motocicletas e fazendo manobras arriscadas enquanto outros assistem.

Dois rapazes aparecem nas imagens pilotando sem os pés nos pedais e com os corpos deitados nos assentos das motos. Um deles está sem capacete. Logo em seguida a filmagem mostra outras três motos que surgem no sentido contrário e é quando ocorre a colisão com um dos rapazes que realizava as manobras.

Após o impacto, testemunhas que estavam assistindo ao racha mostram nervosismo e correm para ver o acidente. Nesse momento a filmagem é encerrada.

A Polícia Militar informou que quando chegou ao local encontrou os dois rapazes já mortos e que a cena do acidente foi isolada até a chegada do Instituto de Criminalística (IC).

Testemunhas disseram que como a área ainda não é habitada e a pista é asfaltada, a prática de rachas são comuns no local. Em fotos enviadas por um aplicativo de mensagem para o G1 e TV Grande Rio, afiliada da Rede Globo em Petrolina, é possível ver as duas motos envolvidas no acidente. Mas quando a polícia chegou ao local, havia apenas uma.
Polícia disse que uma das motos foi retirada do local do acidente (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
“O local foi violado, foi mudada aqui a situação. Um dos veículos foi retirado do local. Mas segundo informações, estava tendo uma prática de racha”, falou a sargento do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Valéria Souza.

Os corpos foram removidos para o Instituto de Medicina Legal (IML) e a ocorrência encaminhada para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, no bairro Ouro Preto. O tio de uma das vítimas, o agricultor Maurílio Rodrigues, lamentou o corrido. "A família da gente não sabe nem o que dizer, não sei nem explicar. É muito triste, a dor é demais", disse.

Taisa Alencar
Do G1 Petrolina

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.