Blog Rômulo Lima

Prefeito participou da entrevista nesta terça-feira (14) no GRTV 1º Edição.
Gestor diz que 80% da frota de veículos está em estado de abandono.
Prefeito de Bodocó Túlio Alves (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
Nesta terça-feira (14), o prefeito do município pernambucano de Bodocó, Túlio Alves, participou do telejornal GRTV 1º Edição. A entrevista faz parte de uma série que pretende dialogar com os gestores dos 23 municípios da área de cobertura da emissora. O gestor falou dos desafios, as propostas e as expectativas para o mandato.

Izabella Freitas: Nesses primeiros dias de gestão, o que é possível identificar? Como está a situação do município?

Túlio Alves: A situação eu diria que é preocupante, esse início de gestão merece bastante atenção, bastante cuidado de nós que estamos a frente da prefeitura municipal de Bodocó. Não só pela crise que o Brasil enfrenta, mas pela forma que nós recebemos o município. Quando a gente entrou em janeiro, achamos todas as linhas telefônicas cortadas, faltando energia em creche e nas escolas, débitos na Celpe, Compesa, Detran e Previdência. O ex-gestor não repassou aos bancos o valor devido dos consignados. E 80% da frota de veículos, ação social, saúde e educação em estado de abandono. Então é complicado, merece bastante atenção nesse início de gestão.

Izabella Freitas: Todos esses casos já foram repassados para o Tribunal de Contas (TCE), Ministério Público (MP)?

Túlio Alves: O Tribunal de Contas esteve fazendo a vistoria no mês passado, mas em relação a frota. Eu quero destacar essa questão da frota, que a população de Bodocó fique ciente, que foi gasto no ano de 2016, em prol dessa frota mais de R$750 mil. Eu queria questionar onde foi investido isso? Porque na frota não foi.

Izabella Freitas: Com esse problema na frota. O que o senhor está fazendo para resolver de efetivo na sua gestão? 

Túlio Alves: Nós encontramos ônibus, carros de pequenos portes sem pneus e alguns sem motor. Então, a gente está ao máximo possível apressando esse conserto desses carros, reestruturando toda a frota escolar, inclusive. Eu não sou hipócrita, sei que nós temos problemas e vou tentar resolvê-los e mostrar para o povo de Bodocó de que forma vamos resolver.

Do G1 Petrolina

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.