Blog Rômulo Lima

Até o dia 19 de agosto, o projeto ainda vai contemplar Ouricuri e Bodocó.
6ª edição homenageia o escritor bodocoense Cícero Belmar.
Depois de passar por Araripina, a Jornada Literária Chapada do Araripe chega nesta quarta-feira (16/8) em Ipubi. Com o tema “Arte do Chão – Da minha terra semeio o mundo”, este ano o projeto realizado pelo Sesc Pernambuco homenageia o jornalista e escritor bodocoense Cícero Belmar, e circula por Araripina, Ouricuri, Bodocó e Ipubi, estimulando a leitura e a escrita por meio de um intercâmbio Cultural. 

A programação começa às 9h na Escola Municipal Euzélia de Melo Campos, com “A passagem Secreta”, uma manhã de histórias com Susana Morais (Recife) e Diego Gilbran(Recife). Às 10h, também na Escola Euzélia de Melo Campos, a Tropa do Balaco Baco (Arcoverde) emerge a obra do homenageado da Jornada, o escritor Cícero Belmar, com a apresentação “Meu Reino pela Literatura”.

À tarde a programação começa às 14h no auditório da Escola Arão Peixoto de Alencar, com “Pegue um bigu na poesia”, récita e roda de conversa com Fred Caju (Recife) e Gleison Nascimento (Recife). Também a partir das 14h, Susana Morais (Recife) e Diego Gibran (Recife) ministram a oficina de cordel no auditório da Secretaria Municipal de Educação e Juventude.

O encerramento da passagem do projeto pela cidade, começa a partir das 19h, no pátio da Igreja Matriz, onde a Tropa do Balaco Baco apresenta o espetáculo “RE TE TEI”. Às 20h o poeta Chico Pedrosa (Guarabira/PB) presenteia o público com “Um toró de versos”. A noite será encerrada com “Ritmo e Poesia”, apresentação do grupo Hip Hop Colisão B. Boys (Araripina), com participação especial de Junior Baladeira (Ouricuri).

De Ipubi a Jornada literária segue para Ouricuri, na quinta-feira (17/8). Durante dois dias a cidade recebe récitas, conversas, espetáculos e oficinas. A programação só termina na noite do dia 18 de agosto, a partir das 19h30, no Teatro Carlota Peixoto, com a palestra “O escritor guarda um monstro na gaveta?”, com Mário Rodrigues (Garanhuns), vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2016. Às 21h acontece a apresentação de “Baião Mais Eu”, com Neudo e Elmo Oliveira (Ouricuri).
Cidade natal do escritor Cícero Belmar, homenageado desta edição, Bodocó recebe a Jornada nos dias 18 e 19 deste mês. A programação será aberta às 7h30, em clima festivo, com “Uma Alvorada para Seu Bindô”. O encerramento na Fazenda FEBO não será diferente, com cantoria, peleja e apresentação da cantora Isaar (Recife). A programação completa da Jornada pode ser conferida no site www.sescpe.org.br.

ARARIPINA – Primeira cidade a receber a programação da Jornada, Araripina foi tomada por arte e literatura durante os dias 14 e 15 de agosto. Escritores e artistas participam de bate papos, récitas e se apresentam em praça pública e escolas públicas da cidade. No primeiro dia, um grande cortejo saiu às ruas da cidade convidando a população para participar da Jornada Literária. Artistas de Pernambuco e de outros Estados coloriram as principais avenidas de Araripina.

A noite, o escritor e jornalista, Cícero Belmar foi recebido na AEDA/FAFOPA para uma conversa mediada pela escritora Susana Morais (Recife). O cantor Rubi (Goiânia/GO) encerrou a noite com o espetáculo “Uma voz para ver e ouvir”. “Para mim é mais que um motivo de orgulho, essa homenagem. Porque é a minha região. É um motivo de responsabilidade, porque quando tomei posse na Academia Pernambucana de Letras foi dito que eu vinha de uma região onde o índice de analfabetismo sempre foi muito grande. O que estamos fazendo aqui é exatamente o contrário, homenageando não só a literatura, mas as pessoas que gostam das letras. Isso é muito bonito e me deixa muito feliz”, afirmou Belmar.

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.