Blog Rômulo Lima

O projeto conta com sete leitos de observação, dois de urgência, um de emergência e um leito infantil.
Após mais de dois anos paralisada pela gestão municipal anterior, a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Araripina – que deveria ser entregue em agosto de 2015 – teve suas obras retomadas. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a obra deverá ser entregue ainda em junho deste ano. O projeto conta com sete leitos de observação, dois de urgência, um de emergência e um leito infantil.

Uma ala com setor administrativo, consultórios médicos, setor de estabilização, eletrocardiograma, raio-X, triagem, recepção, sala de espera e sala de exames laboratoriais também estão sendo construídos, além do setor assistência social e área de desembarque de ambulâncias.

A unidade poderá atender casos de alteração de pressão arterial, febre, fraturas não complexas, cortes, infartos ou derrames, além de outros procedimentos de emergência.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a UPA deve desafogar a demanda de atendimento de urgências e emergências do Hospital e Maternidade Santa Maria.

“A UPA estava abandonada. Assim que iniciamos o governo, começamos a trabalhar em conjunto com o Ministério da Saúde para que pudéssemos retomar a obra. Com muita determinação nós conseguimos e até junho entregaremos à população araripinense”, disse o secretário municipal de Saúde, Álvaro Salvador.

SECOM/Foto: Bruno Rostand

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.