Blog Rômulo Lima

A diversidade musical e o resgate de identidade histórica através da cenografia marcaram a noite dessa sexta-feira (23) com o início da Festa de Março, em Bodocó, que reuniu milhares de pessoas no Pátio de Eventos com os shows de Toca do Vale, Tatau (ex-Araketu), Nêgo Rico e Forró do Movimento.

O “Rei Toca do Vale”, como é conhecido o músico cearense, fez o público dançar muito forró, assim como o cantor Nêgo Rico e Forró do Movimento. Reconhecido nacionalmente pelo seu axé baiano, o cantor e compositor Tatau comandou o último show da noite com músicas que continuam sendo sucesso em todo Brasil.
O evento, que é um dos maiores do Sertão de Pernambuco, é realizado pela Prefeitura de Bodocó, através da Secretaria de Cultura e tem apoio do Sesc. O prefeito Túlio Alves, anfitrião da festa, esteve acompanhado do vice-prefeito, Edmilson Alencar, do deputado federal licenciado e ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, da deputada estadual Socorro Pimentel, entre outros representantes, que prestigiaram a abertura.

O tema “Cada parede da memória ainda recorda” inspirou a cenografia, criando um resgate histórico através de traços e cores que evidenciam nos pórticos de entrada e ao longo da decoração, a arquitetura antiga da cidade, dando luz às formas geométricas de mosaicos, cobogós, casas e igrejas de Bodocó.
A Bodega do Forró, local reservado ao tradicional estilo pé de serra, ganhou destaque nesta edição por trazer à memória dos bodocoenses o S.U.B. (Sociedade União Bodocoense), clube fundado nos anos 40, que foi cenário para bailes e tertúlias por muitos anos, além do “Bar de João Pedroza”, principal ponto de encontro da época.

A festa segue até o domingo (25), onde se apresentam: Iohannes, Tayronne, Vicente Nery, Orquestra Super Oara, Tropikálya e os artistas locais, Leninho, Alan Cardoso e o trio Bia, Karine e Sara.
Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Bodocó

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.