Blog Rômulo Lima

PE-507 dá acesso aos municípios pernambucanos de Granito, Moreilândia e Exu.
Protesto na PE-507 em Serrita. (Foto: Divulgação)
Foi realizado no início da manhã desta segunda-feira (21) um protesto no quilômetro 22, da PE-507, em Serrita, no Sertão de Pernambuco. Motoristas, estudantes e feirantes que trafegam diariamente pelo trecho alegam que os buracos e as más condições na rodovia, somados à falta de sinalização e ao mato, que invadiu o acostamento, já causaram vários acidentes e prejuízos.

Para chamar atenção para as condições da rodovia, os manifestantes bloquearam a PE-507 com faixas e queimaram pneus.

A PE-507 dá acesso aos municípios pernambucanos de Granito, Moreilândia, Exu e é via para o Parque Nacional do Vaqueiro, onde acontece anualmente, no mês de julho, a tradicional Missa do Vaqueiro.

Em nota, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Transportes, esclarece que está concluindo as ações de conservação no trecho de 56,6 Km da PE-545, que foi bastante atingido pelas forte chuvas que castigaram o Sertão pernambucano, recentemente. O DER informou ainda que, logo em seguida à conclusão desta ação, iniciará os trabalhos de conservação da PE-507.
Protesto na PE-507 em Serrita. (Foto: Divulgação)
Por G1 Petrolina

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.