Blog Rômulo Lima

O vereador Mikael Felix (PRTB) renunciou na manhã desta quarta-feira (13), ao cargo de vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vereadores de Bodocó, eleito vice-presidente em janeiro de 2017.

Na carta de renúncia que foi entregue ao presidente da câmara, o vereador justifica que a decisão que o levou a deixar o cargo de vice-presidente é de total cunho estritamente pessoal.

"Quero tornar público que hoje estou tomando a decisão que parte profundamente meu coração, mais na faculdade da vida aprendi que existe situações que a razão supera o coração, e hoje, tomei a decisão de deixar a cadeira de vice-presidente que ocupei desde o dia 01 de 2017. Estou saindo sem levar nenhum rancor, mais bastante chateado em saber que na política existe pessoas que não leva dentro de si um espírito de  lealdade, sinceridade, amizade, irmandade e fraternidade,"  destacou Mikael.
 
A atitude do vereador despertou rumores sobre a sua posição partidária, uma vez que saindo quem supostamente  assumiria seria a Vereadora Leninha Diniz.  No entanto o político afirma que sua atitude em nada há  relação com uma possível mudança partidária, afirmando que permanece apoiando o Prefeito Túlio Alves. 

Na ocasião, o vereador agradeceu a confiança e destacou que a renúncia não é uma fraqueza e sim uma forma de protesto contra o ambiente desarmonizado que hoje vive a Câmara de vereadores de Bodocó.

"Minha renuncia não é uma fraqueza e sim um protesto contra o ambiente desarmonizado que estamos vivendo, pois o meu espírito atingiu um determinado padrão que não suporta ambientes de sombras," finalizou. 

Agora, o presidente da casa, o vereador Dário Brito (PSL), tem até cinco dias para realizar uma nova votação e indicar o novo vice-presidente para a chapa.

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.