Blog Rômulo Lima

Na ação do MPPE, foram apreendidos contra-cheques, extratos bancários, três computadores, telefones celulares e documentos decorrentes do crime. 
Na ação foram apreendidos contra-cheques, extratos bancários, três computadores, telefones celulares e documentos decorrentes do crime. — Foto: Ministério Público de Pernambuco (MPPE)
Foi deflagrada nesta quinta-feira (7), pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), com o Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e apoio do Batalhão Especializado no Policiamento do Interior (BEPI), a operação Fantoche em Trindade, no Sertão Pernambucano. A ação realizou busca e apreensão na prefeitura e na casa do servidor Sival de Souza Mendes.

A operação teve início após investigação da Promotoria de Justiça do município constatar realização de empréstimos consignados fraudulentos. De acordo com o MPPE, nos procedimentos foi identificada a realização de empréstimos para servidores públicos efetivos da prefeitura, além de pessoas que não eram servidores. Eles foram incorporados ilegalmente à Folha de Pagamento de Pessoal de Trindade (FPPT) para que os empréstimos fossem contraídos.

Foram apreendidos contra-cheques, extratos bancários, três computadores, telefones celulares e documentos decorrentes do crime. O servidor será interrogado e o caso será investigado.

O G1 tentou contato com a prefeitura de Trindade para saber a situação administrativa do servidor, mas até a publicação desta matéria não teve retorno. 

Por G1 Petrolina 

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.