Blog Rômulo Lima

Dayvid Ryan Ferreira Filho é de Exu, no Sertão de Pernambuco. Ele conseguiu o tratamento após publicar um vídeo nas redes sociais relatando as dificuldades enfrentadas no cotidiano. 
 Cansado das limitações, Dayvid, com a ajuda do pai, decidiu gravar um vídeo para ser postado nas redes sociais. — Foto: Reprodução/TV Grande Rio
Aos 9 anos de idade e pesando 133 kg, o estudante Dayvid Ryan Ferreira Filho, de Exu, no Sertão de Pernambuco, luta para superar a obesidade mórbida. O garoto também precisa lidar com com a diabetes e a ansiedade. A maior dificuldade no cotidiano é na locomoção e dependência para realizar atividades diárias, como ir ao banheiro ou permanecer sentado.
"Me sinto muito triste porque não posso correr junto com eles [os amigos], mas um dia tenho certeza que quando emagrecer vou chegar ao ponto de correr muito", acredita Dayvid.
Para ajudar o filho, família buscou auxílio no município e foi encaminhada para Recife, onde o menino realizaria tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). No entanto, o desconforto sofrido pelo menino e a falta de dinheiro para arcar com as despesas durante as viagens fizeram com que os pais de Dayvid desistissem. 


"A gente desistiu por conta da dificuldade dele ir no carro do TFD (Tratamento Fora do Domicílio), que não é muito confortável, ele sentia muita dor nas costas, nas perninhas. E também porque precisava de um dinheiro para comprar algo na estrada, que a viagem é longa. Aí o pai dele desistiu para procurar um meio aqui por perto", diz Francisca Maria Querino, mãe de Dayvid.
 A mãe de Dayvid está aguardando os exames para descobrir qual tipo de hormônio está fazendo engordar tanto. — Foto: Reprodução/TV Grande Rio
Cansado das limitações, Dayvid, com a ajuda do pai, decidiu gravar um vídeo para ser postado nas redes sociais, contando as dificuldades enfrentadas no cotidiano. O vídeo se espalhou e muitas pessoas se sensibilizaram. Uma campanha foi feita para oferecer tratamento particular ao menino. 

Com as doações recebidas, a família decidiu fazer o acompanhamento no Ceará, nas cidades do Crato e Juazeiro do Norte, há pouco mais de 80 km de casa. Após algumas semanas seguindo a risca as orientações de médicos e nutricionistas, Dayvid Ryan conseguiu perder quatro quilos. Dona Maria Querino já percebe algumas mudanças no comportamento do filho.
"Ele dormiu bem, não acordou nem sentou nenhuma vez a noite e graças a Deus ele está bem. Já deu uma carreirinha de bola, cansou mas não foi muito como nos outros dias. Tô percebendo que está indo bem".
A coordenadora do TFD em Exu, Andressa Bacurau destacou que mesmo após a desistência do tratamento pelo SUS, Dayvid continua sendo assistido pela secretaria. "A gente dá o transporte quando ele precisa. Marcamos exames de tomografia que esse médico no Ceará solicitou, e ele realizou. O PSF fica sempre entrando em contato". 
 Após algumas semanas seguindo a risca as orientações de médicos e nutricionistas, Dayvid Ryan conseguiu perder quatro quilos. — Foto: Reprodução/ TV Grande Rio
A mãe de Dayvid está aguardando os exames para descobrir qual tipo de hormônio está fazendo engordar tanto. Ela acredita que o filho vai conseguir continuar com o tratamento para emagrecer e ter uma vida normal. "Um final feliz com certeza. Uma vida normal como toda criança que é brincando, correndo e realizando os sonhos dele".

O desejo de Dayvid é um só. "Quero estar muito magrinho, junto dos meus amigos, correndo muito, brincando e sendo feliz da vida", diz . 

 Por G1 Petrolina 

Postar um comentário

  1. Senhor Jesus te abençoar ele ele vai conseguir esmagrecer o senhor vai estar sempre ajuda nele

    ResponderExcluir
  2. EXU-PE e Crato-CE são terras dos Arraes-Alencar, gente que governa o Estado do pobre garoto, há décadas. Cadê a solidariedade desses sugadores do dinheiro público. Ana Arraes, que é patronesse do Imip e já foi eleita deputada federal com votos daí do Araripe, bem que pode fazer algo por ele. O pessoal que o filho dela montou na burra de ouro do Estado também tem obrigação de acionar a saúde pública para resolver isso. É uma vergonha que isso aconteça na terra dos Arraes-Alencar. Taí Tadeu Alencar uma oportunidade de fazeres algo por quem te elege. Não basta escrever bravatas sobre os Alencar do Cariri araripino, tem que demonstrar caráter humano e compromisso público. Gonzaga Patriota, tu que te elege com votos dos Sertões e também pega garupa na burra de ouro do PSB faz alguma coisa pelo menino. Gente de EXU que se aproveitará das eleições municipais deste ano também tem a chance de pagar essa dívida humana a e moral e fazer algo pelo menino...

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.