Blog Rômulo Lima

A tarde desta quarta-feira (22) teve intensos momentos de alegria para centenas de crianças que estudam na rede municipal de ensino de Bodocó.

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, proporcionou acesso dos alunos ao parque de diversões, que está instalado para o maior evento da cidade, a Festa de Março.
Aluna da Escola São Francisco, Ana Kelly, de oito anos de idade, estampava um largo sorriso, ao andar no carrossel e disse que estava muito feliz em poder brincar no parque. 

O prefeito Túlio Alves foi pessoalmente conferir a atividade das crianças e demonstrou-se surpreso com tamanha alegria da criançada: “o parque fica na cidade durante a Festa de Março, muitas crianças sonham em ir ao parque, mas a maioria delas não pode, devido aos pais não terem condições financeiras. Pensando nisso, proporcionamos este dia de lazer e diversão com muito carinho.”



Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Bodocó

Na tarde desta segunda-feira, 20, a deputada Socorro Pimentel foi à tribuna da Assembleia Legislativa do Estado para falar dos altos índices de violência do Estado.

A parlamentar criticou o que classificou de ineficiência do Poder Executivo em conter a criminalidade em Pernambuco.

"O governo do Estado de Pernambuco divulgou na quarta-feira (15/03) número alarmantes sobre a violência em nosso Estado. O secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia, admitiu que em 2017 já são quase mil homicídios em dois meses. Estamos vivendo uma política de segurança falida; Destroçada por interesses e falhas de gestão. Uma política de segurança que desvaloriza, desestimula e desprotege o policial; Que menospreza a vida das pessoas que saem todos os dias ás ruas, sem saber se voltam pra casa", disse.
Para a deputada, o Governo do Estado tem se eximido das obrigações e negligenciado a criminalidade.

A parlamentar citou ainda que medidas de urgência poderiam ser tomadas, mas não há ação efetiva por parte do Executivo.

"O povo está cansado de tantos números negativos, de tanto abandono. São falhas bisonhas, que indicam muito mais incompetência que insuficiência técnica. O que queremos ouvir e sentir de fato, é que a prioridade deste governo é a vida da população e o respeito aos seus servidores civis e militares", disse a deputada.

Outro ponto levantado por Socorro Pimentel durante a reunião foi a vulnerabilidade da mulher diante desse quadro.

"Em meio à incapacidade da cúpula da segurança pública de Pernambuco de encontrar soluções que reduzam, de forma responsável, os números de guerra civil, os crimes passam a fazer parte da rotina das pessoas. A violência é banalizada em suas formas mais bárbaras. Nós mulheres somos a parte mais vulnerável desse cenário. Já temos uma medida de cinco estupros diários, segundo dados da SDS. E nós sabemos que esse número é muito maior porque muitas queixas não são registradas", comentou.

Fonte: Blog de Jamildo

A chuva que caiu no entardecer desse domingo (19) confirmou as bênçãos de Deus no dia de São José, padroeiro de Bodocó. 

Devotos de Bodocó e região acompanharam a procissão, que percorreu as principais ruas da cidade, finalizando com missa, presidida pelo bispo da Diocese de Salgueiro, Dom Magnus Henrique.
O prefeito Túlio Alves, acompanhado do vice Edmilson Alencar e da deputada estadual, Socorro Pimentel, participou de todo o cortejo e da missa. 

Através de ação da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, crianças distribuíram mudas de plantas à comunidade. Dom Magnus destacou a iniciativa, que vai de encontro ao tema da Campanha da Fraternidade 2017 - “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”. 

A Festa de São José contou com o apoio da Prefeitura de Bodocó.
Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Bodocó | Fotos: Rômulo Lima

Apicultura (criação de abelhas para extrair mel ou própolis) é praticada em diversos municípios do Sertão de Pernambuco.
Foto: divulgação | Bruno Rocha | Codevasf
A apicultura (criação de abelhas para extrair mel ou própolis) é praticada em diversos municípios do Sertão de Pernambuco e serve como fonte de renda para os moradores da região. De acordo com dados da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), o Brasil produz cerca de 30 quilos de mel por colmeia por ano. A quantidade varia a depender da região, florada, nível tecnológico, condições climáticas, entre outros.

Morador de Araripina, no Sertão do Araripe, Edmilson Alves de Sousa, 53 anos, é apicultor há cerca de 11. Ele é presidente de uma associação que reúne 39 apicultores do Sítio Riacho Fundo, localizado no distrito de Gergelim. "Em 2016, foram em torno de 19 toneladas de mel retiradas", conta Edmilson, referindo-se aos números do recolhido por todos os apicultores da associação.

Juntos, os produtores têm aproximadamente 2.900 colmeias e comercializam mel e própolis em uma loja mantida pela associação na cidade. O mel é vendido em garrafas e baldes em Araripina, Ouricuri, outros municípios da região e até no Piauí. "Estamos assinando um pré-contrato com uma empresa de Santa Catarina para vender para lá também", comemora.

Investimentos 

Cerca de 500 famílias já foram beneficiadas, no período de 2012 a 2016, por ações de incentivo à apicultura realizadas pela Codevasf. Com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (SDR/MI), foram investidos cerca de R$ 7,5 milhões para a construção de unidades de extração e beneficiamento de mel e a doação de equipamentos e kits apícolas, capacitações e acompanhamento das ações.

Os municípios de Araripina, Bodocó, Exu, Moreilândia, Petrolina, Quixabá, Santa Filomena e Serra Talhada receberam 250 kits de produção familiar. Em Afogados da Ingazeira, Inajá, Moreilândia, Araripina e Santa Filomena foram construídas sete unidades de beneficiamento de mel. Em Petrolândia, os apicultores serão beneficiados com duas unidades de beneficiamento do produto, que estão em fase de conclusão. Já em Manari, a unidade foi reformada.


Fonte: NE10 Interior

São José é padroeiro de 23 cidades em Pernambuco e dezenas de igrejas no estado. Grande Recife tem celebrações em diversos locais em homenagem ao santo. 
O Dia de São José é comemorado no dia 19 de março. Em Pernambuco, o pai adotivo de Jesus é padroeiro de 23 municípios e parte da cultura da agricultura no estado, já que, para os agricultores, se chover até o dia em homenagem ao santo, é sinal de que o período será favorável para o plantio e lavoura. Para celebrar a data, diversas paróquias realizam missas e celebrações em homenagem ao santo. 

No domingo (19), o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido presidirá, às 08h, missa solene no encerramento da festa do padroeiro da paróquia de São José, no bairro de Casa Caiada, Olinda, e às 16h, a missa na festa do padroeiro da paróquia de São José, no povoado de Juçaral, no Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife. Neste ano, a data coincide com um Domingo de Quaresma.

No Sertão do estado, São José é padroeiro de Bodocó, Custódia, Dormentes, Ingazeira, São José do Belmonte e São José do Egito. No Agreste, Angelim, Bezerros, Brejo da Madre de Deus, Capoeiras, Feira Nova, Frei Miguelinho, Surubim, Venturosa e Vertentes. Na Zona da Mata, o santo é padroeiro de Água Preta, Amaraji, Chã Grande, Joaquim Nabuco, Rio Formoso, São José da Coroa Grande e Carpina. No Grande Recife, Abreu e Lima tem o santo como padroeiro.

Um dos eventos em homenagem a São José no Grande Recife é a festa no Córrego do Jenipapo, na Zona Norte do Recife, celebrando o cinquentenário da capela São José Esposo de Maria, que faz parte da paróquia de Santa Maria Mãe de Deus, na Macaxeira. A igreja foi construída em 1967, como símbolo da devoção de José Sabino Campos, um dos moradores da localidade, falecido em 1959. 

Grande Recife 
Domingo (19)

8h - Dom Fernando Saburido preside Missa Solene de encerramento da festa de São José, na paróquia de São José, em Casa Caiada, Olinda. Rua Catarina Batista de Alencar, 791 A, Casa Caiada. Fone: 3432-9639.    

16h - Dom Fernando Saburido celebra Missa de encerramento da festa do padroeiro São José na paróquia de São José, em Juçaral, Cabo de Santo Agostinho. Rua do Comércio, s/n, Vila Juçaral, Cabo. Fones: 3516-3016/3306. 

16h - Festa de São José e Jubileu de Ouro da Capela São José Esposo de Maria/Córrego do Jenipapo (Paróquia de Santa Maria Mãe de Deus, Macaxeira, Recife). Procissão saindo da igreja matriz (Rua Ida, 255, Macaxeira) em direção à capela São José Esposo de Maria, para a Missa Solene de encerramento da festa de São José, às 17h. Celebrante: padre Antônio Diêgo Cunha. Rua Adolfo Caminha, 28, Córrego de Jenipapo, Recife. 

9h, 12h e 16h)- Missas para o encerramento do tríduo, na Capela da Santíssima Trindade (paróquia de São José, bairro do Recife). No dia 20/03, será celebrada a Missa Solene, nos seguintes horários: 08h, 12h e 16h. Av. Dantas Barreto, 1239, bairro São José, próx. ao Edf. San Rafael. Fone: 3224-5801. 

7h - Festa em honra a São José, na paróquia de Nossa Senhora Imaculada Conceição/Iputinga: Santa Missa às 07h, procissão às 17h e Santa Missa Campal. Rua Dr. Virgínio Marques, Iputinga, Recife. Fone: 3271-4613.18h30 - Missa na Capela de São José, no Oratório da Divina Providência/Campina do Barreto (paróquia de São Judas Tadeu, Cajueiro). No dia 20/03 (18h) - Encerramento da festa do padroeiro com procissão festiva saindo da Rua Dr. Ivo Barros, 35, Chão de Estrelas e na chegada à capela, Celebração Eucarística. Rua dos Peixinhos, 951, Campina do Barreto, Recife. Fone: 3444-3448. 

16h30 - Procissão e Missa na Capela São José/Jordão (paróquia Cristo Redentor, Jordão/Ibura) Procissão saindo da capela do Divino Espírito Santo (Vila do Sesi). Endereço da Capela São José: Rua Jornalista Edson Regis, depois da Fábrica da Frevo, Ibura de Baixo. 

16h - Procissão e Missa festiva de encerramento do Tríduo de São José na paróquia São Miguel/Ipojuca. Rua do Convento, 1, Centro, Ipojuca. Fone: (81) 3551-1154. 

17h30 - Procissão e Missa festiva de encerramento do Tríduo de São José, na Comunidade São José (paróquia do Sagrado Coração de Jesus/Passarinho). Rua Andorinha, 127, Vila Nossa Senhora da Conceição, Passarinho, Recife. Fone: 98304-894.

Até 19/03 - Procissões, orações, momentos devocionais e Santa Missa realizadas pela Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação da Escada em honra ao Glorioso São José, com programação na Rua Cel. Antônio Marques, Escada-PE e na antiga Usina Barão. Fone: (81)3534-5385

De 17 a 20/03 - Tríduo de São José Paróquia Nossa Senhora do Rosário/Boa Viagem: 17/03 (19h), Celebração Eucarística na capela Nossa Senhora de Fátima, 18/03 (19h), Celebração Eucarística na capela Nossa Senhora da Rosa Mística, 19/03 (18h), Missa na matriz de Nossa Senhora do Rosário e no dia 20/03 (19h), Missa solene na matriz de Nossa Senhora do Rosário. Rua Barão de Souza Leão, 1420, Boa Viagem. Fone: 3342-0304.  

Por G1 PE | Foto: Rômulo Lima

Petrolina, Salgueiro e Afrânio estão entre as cidades contempladas.
O crédito possibilita a atividade produtiva das agricultoras. 
O programa 'Fomento Mulher', da Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) de Pernambuco, irá liberar R$ 3,6 milhões para investir em atividades produtivas de 1,2 mil agricultoras assentadas no Programa Nacional de Reforma Agrária. A medida contempla 25 municípios do estado. O valor total concedido é de R$ 3 mil e a beneficiária deve pagar, em 1 ano, o valor de R$ 600, que corresponde a 20% do integral.

Entre as cidades beneficiadas do Sertão de Pernambuco estão Petrolina, Cabrobó, Belém do São Francisco, Afrânio, Dormentes, Granito, Lagoa Grande, Orocó, Ouricuri, Parnamirim, Salgueiro, Santa Cruz, Santa Maria da Boa Vista, Serrita e Terra Nova.

De acordo com o superintendente regional do INCRA, Bruno Medrado, o objetivo principal da medida é aumentar o número de famílias beneficiadas pelo programa'Fomento Mulher'. “Existem 11,800 mil famílias cadastradas na nossa superintendência. Até hoje, apenas 10 por cento do nosso público foi atingido. Em 2017, a gente quer dobrar nossa capacidade, para que possamos atender a um número maior”, disse.
 (Foto: ASN/Divulgação)

A beneficiária deve utilizar o valor do crédito somente para a realização das atividades pré-estabelecidas. O não seguimento desta regra pode ocasionar na perda do vínculo com o instituto. “Infelizmente, quem não cumprir vai ser penalizada. A pessoa perde o desconto e vai ter que pagar o valor integral. Além de entrar na inadimplência no cadastro do INCRA e correr o risco de ser desvinculado”, explica Bruno.

Para o recebimento do benefício, a assistência técnica do INCRA vai até a casa da assentada. Porém, as agricultoras interessadas também podem comparecer à sede do instituto, em Petrolina, localizada na Avenida da Integração, nº 412, no bairro Jardim Colonial.

A liberação do crédito é feita aliada à um projeto de produtividade feito em conjunto com o INCRA, a depender da atividade escolhida pela agricultora: criação de pequenos animais (aves, suínos, caprinos e ovinos), cultivo de hortaliças e frutas, artesanato e beneficiamento de alimentos, como pão, bolo, polpa de fruta, entre outros.

FOMENTO MULHER

O projeto foi implantado em 2014 e visa colocar a mulher como responsável pelo processo produtivo, sendo ela a titular do lote de Reforma Agrária, no valor de R$ 3 mil.

Para participar do programa, a agricultura deve se encaixar nos critérios estabelecidos em decreto: não ter recebido o apoio do antigo crédito; ser beneficiária do PNRA; estar com todos os dados da família atualizados junto ao INCRA; estar inscrita no cadastro único para programas sociais do Governo Federal; e contar com assistência técnica.

O Fomento Mulher já atendeu mais de 4 mil mulheres assentadas.

Do G1 Petrolina
Tecnologia do Blogger.