Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Nupea e AAPIO realizaram I Encontro de Apicultores e Meliponicultores

O Núcleo de Pesquisa e Extensão em Abelhas (Nupea) do câmpus Ouricuri do IF Sertão-PE e a Associação dos Apicultores de Ouricuri (AAPIO) promoveram o I Encontro de Apicultores e Meliponicultores do município de Ouricuri, Pernambuco.
Com o tema “Abelhas: Exploração Sustentável”, o encontro ocorreu os dias 22 e 23 de maio. No primeiro dia, palestras, mesas-redondas e debates foram realizados para um público de 300 pessoas. Já no segundo dia, houve duas visitas-técnicas para um total de 100 participantes na Agrovila Nova Esperança, em Ouricuri, e na comunidade Paus Dóia, em Exu.
Para o professor do câmpus Ouricuri e coordenador do I Encontro de Apicultores e Meliponicultores, Társio Alves, o evento superou as expectativas de público e foi bastante proveitoso. “Os estudantes, produtores, técnicos e demais presentes puderam aprimorar os conhecimentos sobre abelhas. O encontro também proporcionou grande interação entre as entidades parceiras e o público geral”, afirmou o coordenador.
O diretor geral do câmpus Ouricuri, o docente Jean Carlos, explicou a importância do evento para o câmpus. “Aproxima mais a instituição da comunidade e trata de temas de muita importância para a região, principalmente por estamos numa região bastante propícia para produção de mel”, disse o diretor.

Ouricuri participa do Dia do Desafio com cidades do mundo inteiro

Amanhã, 27, os ouricurienses terão motivos de sobra para se movimentar. Nesta quarta-feira, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e a Prefeitura Municipal de Ouricuri convidam toda a população a se mexer em mais uma edição do “Dia do desafio”. A competição mundial tem o objetivo de incentivar a prática de exercícios físicos colocando cidades do mundo inteiro em uma disputa para ver quem mobiliza mais habitante.
Em 2015, 25 municípios do estado de Pernambuco participam da iniciativa, entre eles Ouricuri, que enfrentará cidades do Brasil e do mundo. Para registrar a atividade física ou esportiva, as pessoas devem se movimentar por pelo menos 15 minutos.
O tema do Dia do Desafio é: Ganhe em saúde e ajude sua Cidade a vencer! 27 de maio dia do desafio você se mexe e o mundo mexe junto com você. E, para ajudar nesta mobilização, um grupo de professores de educação física estará na Praça Frei Damião a partir das 19h, ao som de música eletrônica, envolvendo a população e estimulando todos a se mexer.
Além disso, membros do Sesc estarão a postos com uma programação especial em vários pontos das cidades, incentivando a mobilização da população e contabilizando os praticantes das atividades físicas e esportivas.
Para participar da disputa vale caminhar, pedalar, alongar, correr, além de participar de jogos coletivos, como futebol, gincanas, vôlei, basquete e handebol. Os registros de atividades serão feitos por meio de uma central telefônica que funcionará das 0h às 21h, através do número 0800 321 1688, captando os registros de pessoas, grupos, associações, empresas e escolas.

Festa de Janeiro de Ouricuri pode fazer parte do calendário cultural de Pernambuco

As tradicionais Festas de Janeiro que arrasta multidões durante cerca de uma semana no município de Ouricuri, pode ser incluída no calendário cultural de Pernambuco. A solicitação foi feita pelo Prefeito de Ouricuri, Cezar de Preto, durante o “seminário Destino de PE” que foi realizado nesta quarta-feira, 20, no auditório da IX Geres em Ouricuri.
O evento realizado pela Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco (Seturel – PE) e a EMPETUR reuniu representantes de todos os municípios do Araripe pernambucano com o objetivo de refletir e apontar as dificuldades enfrentadas por cada município e quais as perspectivas de desenvolvimento no setor turístico.
“Nós temos um potencial muito grande aqui no município e na região, Ouricuri, por exemplo, é conhecida como a terra dos Voluntários da Pátria, título dado por D Pedro I aos cerca de 600 homens que se alistaram para lutar pelo nosso país. Temos também o exemplo da festa de Janeiro que tem reunido cerca de 60 mil pessoas por noite, e por essa dimensão gostaria de registrar aqui o pedido para que possamos colocar Ouricuri no calendário de eventos de Pernambuco”, solicitou Cezar.
Em sua fala o Prefeito também lembrou o potencial da Chapada do Araripe como destino turístico, e em ratificou o leque cultural da cidade de Ouricuri que contempla Seu Aprígio que confeccionava as roupas do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, a missa de Frei Damião e o Santuário que segundo ele, futuramente será o complexo de Frei Damião. “Tenho certeza que isso trará um beneficio cultural, religioso e turístico não só para Ouricuri, mas para o Araripe e para Pernambuco”, ratificou o Prefeito.
No Seminário foram discutidos os seguintes eixos temáticos: Estrutura básica e de apoio e organização da cadeia produtiva do turismo; Recursos e atrativos turísticos; sensibilização e capacitação dos recursos humanos; gestão pública do turismo e ações de esportes.

Drone é usado para achar imóveis com criadouros de dengue em Ipubi

Equipamento ajuda a fazer o controle da doença no município do Sertão.
Foram capturadas imagens dos bairros da cidade que serão impressas.
Drone é usado para mapeamento da cidade de Ipubi (Foto: Álison Édypo Alencar / Arquivo pessoal)
No Sertão de Pernambuco, a cidade de Ipubi avançou no combate ao mosquito Aedes aegypti, com a utilização de um drone para o mapeamento de todo o município, cuja área é de 972,17 km². Com o equipamento foram capturadas imagens dos cinco bairros da cidade com o objetivo de sinalizar imóveis que possuem possíveis criadouros do mosquito, como piscinas e caixas d'água descobertas.
De acordo com o coordenador de vigilância em Saúde de Ipubi, Flávio Filho, o equipamento vai ajudar a fazer o controle da doença no município. “Contratamos uma empresa terceirizada para fazer o mapeamento com o drone, um trabalho que durou uma semana. Tiveram algumas áreas que o técnico manuseava o aparelho com o controle remoto e o agente de endemias já via ao vivo, se tinha alguma irregularidade e tomava as devidas providências”, explica.
O investimento para a etapa de mapeamento foi de R$1.200, o próximo passo será a impressão das imagens que foram registradas pelo aparelho. “Toda a cidade foi feita a captura e as fotos vão ser impressas, para casa por casa, sejam feitas as recomendações pelos agentes. É uma tecnologia avançada e que ajuda muito, porque existem alguns lugares que os agentes passavam despercebido e o drone captura esses pontos e encontramos os focos. Com isso, acreditamos que haverá uma  grande diminuição dos casos de dengue na cidade”, esclarece Filho.
A cidade de Ipubi, que possui quase 30 mil habitantes, teve este ano 100 casos notificados de dengue e 5 confirmados. “Ano passado não houve nenhum caso confirmado. O que preocupou mais a gente, é que temos mais de 100 casos notificados e cinco confirmados em 2015. Mas isso pode ser maior, por que não estamos recebendo os resultados dos exames enviados para IX Geres, por conta de um problema que eles tiveram com o laboratório que é terceirizado”, conta Filho.
Além do mapeamento do drone, a cidade conta com o trabalho de 13 agentes de endemias e dois supervisores de campo.
Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que a sorologia da dengue é feita, normalmente, pelo município de Serra Talhada, conforme pactuado com os municípios da região. No entanto, segundo a secretaria, Serra Talhada não está dando conta da demanda, enviada para o Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE). Assim, todos os exames estão sendo realizados e entregues ao município de origem.
Juliane Peixinho  
Do G1 Petrolina

Seminário em Araripina discutirá condições de trabalho no polo gesseiro

O Grupo de Trabalho Interinstitucional de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Getrin6) promoverá nos próximos dias 8 e 9 de junho, em Araripina (PE), um seminário  com o tema “Trabalho Seguro e Saudável no Sertão do Araripe”. O evento, com inscrições gratuitas, acontecerá no auditório da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Araripina (Facisa).
O evento contará com palestras da procuradora do Trabalho Vanessa Patriota. No dia 9, às 14h, ela abordará as condições de trabalho no polo gesseiro do Araripe, falando sobre o panorama atual e atuação do MPT.
Na oportunidade também serão discutidos temas como Norma Regulamentadora (NR12), ações de fiscalização do Ministério Público do Trabalho (MPT) na região, exposição à ruído e à poeira, epidemiologia e saúde, impactos na calcinação do gesso e produção do gesso e impactos ambientais.
Os interessados em participar devem enviar dados como nome completo, empresa/entidade, função e telefone para o e-mail: mov28deabril@gmail.com.
Do Blog Carlos Britto

Empresária é sequestrada e morta por três assaltantes em Ouricuri

Bandidos estavam em busca de grande quantia em dinheiro.
Mulher foi localizada morta em seu carro com marca de violência.
Uma microempresária, de 34 anos, foi sequestrada e morta em Ouricuri, no Sertão de Pernambuco, na noite desta segunda-feira (25). De acordo com a Polícia Militar, três homens foram até a casa da vítima em busca de uma grande quantia em dinheiro.
Chegando ao local, eles acharam apenas o valor de R$ 1 mil e alguns pertences da vítima. Os moradores da casa foram presos em um dos cômodos da casa. Ao saírem, os bandidos levaram a mulher como refém.
Na manhã desta terça-feira (26), o corpo da vítima foi localizado dentro do seu veículo em uma estrada rural conhecida por Açude Tamboril. Ela estava com marcas de violência no pescoço.
Do G1 Petrolina
Fotos: Portal A10 

Cine Sesi Cultural chega ao Sertão pernambucano

Projeto leva cinema de qualidade a 40 cidades do interior.
Apresentações acontecem de maio a outubro.
São 14 anos de estrada, aportando em 665 cidades de 12 estados do Brasil, juntando mais de 4,7 milhões de pessoas para ver cinema na praça. Esses números dão uma ideia do lastro do Cine Sesi Cultural, mas são insuficientes para refletir o encantamento de quem tem contato com a tela grande pela primeira vez. Afinal, formação de plateia é uma das suas principais missões. E é com essa pegada que o projeto volta a Pernambuco, com a proposta de levar cinema de qualidade a 40 cidades do interior do Estado. As apresentações acontecem neste final de semana, de 29 a 31 de maio, nas cidades de Bodocó e Parnamirim, no Sertão.. O acesso às projeções é sempre gratuito.
“É um trabalho de resgate do cinema e de formação de plateia”, define Lina Rosa Vieira, idealizadora e diretora do projeto de democracia cultural, que em 2015 está completando 14 anos. “E em muitas dessas cidades, as pessoas estão tendo essa experiência pela primeira vez”.
Lina explica que é uma tarefa árdua porque o processo de extinção das salas de projeção de rua foi devastador. Os motivos são os mais variados: a expansão da TV aberta ao longo das décadas de 1970 e 1980, o VHS (que já morreu), o DVD (que está moribundo). Mais recentemente, a chegada de TV por assinatura e até questões de segurança pública, fazendo com que as pessoas prefiram ficar em casa. “Além disso, a própria distribuição dos filmes sempre foi difícil. As salas foram ficando inviáveis financeiramente e acabaram fechando as portas”, observa.
Ela reconhece que esse processo aconteceu também nas capitais, mas os shoppings acabaram se tornando uma alternativa. “Praticamente não há mais cinemas de rua nas capitais. As pessoas passaram a optar pelas salas dos centros de compra”, reforça. Nesse sentido, o Cine Sesi também reafirma o direito à ocupação do espaço público pela população, já que as sessões acontecem em praças e pátios.
O PROJETO
Lina Rosa explica que o Cine Sesi busca equiparar a experiência cinematográfica do público da capital e do interior. “Estamos levando para o interior equipamentos de projeção e de som equivalentes aos que as pessoas que moram nos grandes centros urbanos experimentam quando vão ao cinema”, explica. São projetores de alta resolução e sonorização compatível. “Nos empenhamos para que a experiência seja rica, que deixe um gostinho de quero mais nas pessoas e uma possibilidade de surgimento ou reabertura de um novo cinema. ”.
Outro desafio, segundo a idealizadora, é montar uma programação que cative o público. As exibições acontecem na praça principal da cidade, onde são colocados cerca de 500 lugares e, inclusive, tapete vermelho e pipoca quentinha, feita na hora. “Não pode faltar nada”, brinca Lina Rosa.
A escolha dos longas é pautada pelas seguintes exigências: filmes com bom padrão de qualidade técnica e de conteúdo, tendo a sexta-feira como espaço para a comédia, o sábado voltado para a reflexão e o domingo para o encontro da família; filmes que fazem parte da produção de cinema nacional prioritariamente ou que valorizem profissionais brasileiros; filmes que caibam na indicação de todas as idades (levando em consideração o fato de as exibições serem ao ar livre, filmes indicados para o público acima de 14 anos não podem ser selecionados); filmes que priorizem não somente o divertimento dos espectadores, mas a formação de plateias inteligentes; por fim, filmes que estejam liberados para as projeções do Cine Sesi.
Mas, o Cine Sesi não trata apenas de exibir filmes. O projeto também leva oficinas de cinema e animação para algumas cidades contempladas no projeto. Os curtas produzidos pelos alunos são exibidos na telona, na sua cidade e em outras. No total, o Cine Sesi percorrerá quarenta cidades do interior pernambucano, com apresentações às sextas, aos sábados e aos domingos, quando serão sempre exibidos curtas e longas metragens. O projeto começa agora no dia 22 e se estende até meados de outubro. Haverá uma pausa de três semanas em junho, devido aos festejos de São João.
HISTÓRICO
O Cine Sesi Cultural é um projeto patrocinado pelo Sesi. O projeto já passou por mais de 665 cidades, algumas delas mais de uma vez, do interior de 12 estados do País, atingindo mais de quatro milhões e setecentas mil pessoas desde 2002 até hoje. Gente que, na sua grande maioria, nunca tinha visto cinema na vida. O acesso às projeções é sempre gratuito. Nesse ano de 2015, o Cine Sesi completa 14 anos de estrada e volta a Pernambuco. A partir do mês de maio, o Projeto percorrerá mais 40 cidades do interior pernambucano. É a 11­ª edição do projeto no estado, envolvendo 105 municípios e um público de mais de 1 milhão de pessoas.
SERVIÇO:
CINE SESI 2015
PARNAMIRIM
Local: Calçadão de Eventos
Data: 29 a 31 de maio de 2015, a partir das 18h.
BODOCÓ
Local: Praça da Igreja Matriz
Data: 29 a 31 de maio de 2015, a partir das 18h.

Top