Blog Rômulo Lima

Postar um comentário


  1. PAPAI NOEL SERTANEJO


    Imagino um Papai Noel sertanejo. Um Papai Noel vivendo numa terra seca, no epicentro da caatinga, sob um sol causticante, sobre um chão tórrido. Um Papai Noel sem renas, mas montado num jumento. Um Papai Noel sem gorro, mas usando chapéu de couro. Um Papai Noel magro, artesão, vaqueiro, um herói anônimo. Um Papai Noel residindo distante das cidades grandes. Um Papai Noel que não conhece shopping center. Um Papai Noel que confecciona bonecas de "sabugos" de espigas de milho, bonecos de madeira rústica, carrinhos de latas de óleo comestível, mamulengos de isopor e caroá, além de outros brinquedos com a finalidade de arrancar sorrisos das crianças do lugar. Um Papai Noel super-homem, superando adversidades, rompendo barreiras, enfrentando o estigma das longas estiagens. Um Papai Noel de coração terno, de alma branda. Um Papai Noel honesto, desprovido de orgulho, semi-analfabeto, letrado na arte de suportar problemas. Um Papai Noel temente a Deus. Um homem simples. Um sertanejo.

    Autor: Poeta e Professor Ivo Júnior. Salgueiro, Pernambuco, Brasil.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.